Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Professores-destacam-visita-inédita-de-secretário-em-escola.aspxProfessores destacam visita inédita de secretário em escola<img alt="" height="225" src="/Galeria%20de%20Fotos/20150521075634%20(8).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><div style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/20150521075043.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /> </div><div style="text-align:justify;">A Escola Estadual Dione Augusta Silva Souza, localizada no CPA IV em Cuiabá, recebeu nesta quinta-feira (21.05) pela primeira vez, em 26 anos de fundação, a visita de um secretário de Estado de Educação. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Titular da pasta, Permínio Pinto adotou como prática a visita às escolas para conhecer in loco a realidade e definir em conjunto as prioridades. O secretário foi recebido pelo diretor Antonio Freitas, coordenadores pedagógicos e professores. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Alunos do Projeto Interdisciplinar de Arte na Escola (Prinart) fizeram uma apresentação para o secretário. Os estudantes demonstraram habilidades para a música e dança. Uma das tradicionais escolas da região, são 1.270 que cursam o ensino médio. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">"Pela primeira vez na história da escola Dione Augusta um secretário de Estado vem nos visitar", reiterou Antonio. Conforme Permínio, a ida até a unidade permite que a gestão da Seduc possa conhecer melhor os problemas que afligem a comunidade escolar. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">O professor de Português Aluízio também destacou a presença inédita de um secretário de Estado à escola.  O secretário e a equipe técnica do órgão visitaram escola. Em seguida, Permínio conversou com os professores. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Um dos problemas está relacionado à segurança no local. O secretário informou que parceria estão sendo feitas com Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Ele também acrescentou que o programa Rede Cidadã será fortalecido. </div>Professores destacam visita inédita de secretário em escola
Escola Judiciária conscientiza professores sobre importância do programa Voto Conscientehttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Escola-Judiciária-conscientiza-professores-sobre-importância-do-programa-Voto-Consciente.aspxEscola Judiciária conscientiza professores sobre importância do programa Voto Consciente<img alt="" height="154" src="/Galeria%20de%20Fotos/votoconciente.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><div style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/votoconciente.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:262px;" /> </div><div style="text-align:justify;">Os professores da Escola Estadual Pascoal Moreira Cabral receberam na manhã desta terça-feira (20 de maio), uma visita organizada pela Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral  de Mato Grosso, para apresentação do Programa Voto Consciente. A secretária da Escola, Janis Eyer Nakahati, ministrou a palestra para conscientizar os professores da importância do programa, na formação dos alunos.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">A escola será uma das cinco contempladas para a realização do programa Voto Consciente neste ano. Janis Eyer Nakahati apresentou todas as ações do Voto Consciente que serão implementadas, como visitas guiadas, alistamento eleitoral, palestras de sensibilização do processo político, além da eleição escolar, que está marcada para o próximo mês de outubro.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">A Eleição Escolar terá cinco partidos: o Partido da Ética e Cidadania (PEC), Partido da Educação e Meio Ambiente (PEMA), Partido do Respeito às Diversidades (PRD), Partido do Direito à Vida e à Saúde (PDVS) e o Partido da Cultura, do Esporte e Lazer (PCEL).</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Cada partido é composto por cinco alunos, todos do ensino médio. Janis Nakahati sugeriu aos professores que cada grupo tivesse um mentor, para auxiliar os estudantes na criação de uma proposta para executar na escola ou na comunidade. "Se cada partido tiver um orientador coordenando, a coisa flui melhor", explicou Nakahati.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Durante a palestra, o professor de história, Edézio Aparecido de Souza, pediu ajuda ao TRE para apoiá-lo num projeto de grêmio que será desenvolvido na escola, e disse que o papel da EJE seria fundamental na realização de palestras para mobilizar os alunos a participar.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">"Essa conscientização é fundamental, pois leva o jovem a assumir sua ação protagonista da história do país. Esse projeto sensibiliza os alunos, criando neles a curiosidade de saber como funciona o sistema brasileiro", ressaltou o professor.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">A diretora Elza Lídia Castelli está empolgada para começar o programa na escola. Para ela, o projeto oferece uma base de política para os estudantes e os ajudam a trabalhar em conjunto. "Espero que eles possam aplicar todo esse potencial na educação. Essa iniciativa ajudará os alunos a vivenciarem, e a prática vai auxiliá-los na conscientização", disse Elza.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Ao final da reunião, Janis Nakahati destacou aos docentes que a participação política dos jovens estudantes é fundamental para a mudança na sociedade.  "Não adianta os alunos reclamarem, eles têm que começar a tomar alguma atitude. Isso é uma forma de fazer política".</div>Escola Judiciária conscientiza professores sobre importância do programa Voto Consciente
Observatório internacional de formação continuada será criado em MThttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Observatório-internacional-de-formação-continuada-será-criado-em-MT.aspxObservatório internacional de formação continuada será criado em MT<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/IMG_3053.JPG" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><div style="text-align:justify;"> <img src="/Galeria%20de%20Fotos/IMG_3053.JPG" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:340px;" /></div><div style="text-align:justify;">A proposta de criação de um ambiente comum no qual várias experiências possam se tornar acessíveis foi discutida, no último dia 18, entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e integrantes do Programa de Apoio ao Setor Educativo do Mercosul (Pasem). Trata-se de um Observatório Internacional de Formação Continuada de Docentes em Serviço, que pretende fomentar estudos e pesquisas, promover encontros, compartilhar conhecimento e analisar a implantação de políticas públicas em formação continuada de professores nos países membros, entre outros.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">De acordo com assessor da Seduc e coordenador em Mato Grosso do Pasem, Kilwangy Kapitango-a-Samba, a ideia surgiu durante o Seminário Internacional de Formação Continuada e Docentes em Serviço, realizado em Cuiabá, entre os dias 11 e 19 de maio, pela Seduc em parceria com o Laboratório de Metodologia Científica e Grupo de Pesquisa em Educação, Políticas Públicas e Sociedade da Universidade Estadual de Mato Grosso (GPEPPS/UNEMAT/CNPq). "Nossa intenção é ampliar o debate e dar continuidade às atividades desenvolvidas durante o evento", destacou, acrescentando que o programa será resultado da parceria institucional entre Seduc e Unemat.  </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">A iniciativa foi elogiada e apoiada pelo secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, visto que o Observatório teria como sede Mato Grosso e utilizaria a infraestrutura disponível das instituições, como a própria secretaria e a Unemat. "Será uma importante ferramenta para produzir e disseminar informações, promover a pluralidade de opiniões no debate e compartilhar boas práticas sobre um assunto extremamente importante para nós que é a formação continuada de nossos professores, além de subsidiar os Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica de Mato Grosso (Cefapros) com exemplos de experiências de sucesso que promovem a formação e o desenvolvimento profissional docente", avaliou. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/IMG_3054.JPG" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:340px;" /> </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">O próximo passo será a produção de documento que estabelece as bases e conceitos para a criação do Observatório, a ser entregue pela comissão à secretaria ainda no mês de junho.  </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Além de representantes do Paraguai, Uruguai, Argentina, participam do encontro com o secretário emissários das secretarias de Estado de Educação do Amapá e Rondônia, Universidades Federal do Ceará (UFC) e Estadual de Londrina (UEL). </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Seminário – O evento reuniu cerca de 150 profissionais da educação, entre eles docentes da Educação Básica, professores universitários formadores de professores, gestores educacionais e estudantes universitários, para discutir processos e práticas educacionais inovadoras, experiências bem sucedidas e perspectivas estratégicas no contexto do Mercosul. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Foram debatidos assuntos como a relevância e emergência da formação continuada; as experiências e perspectivas em gestão, implementação e avaliação de políticas, uso de tecnologia de informação e comunicação em formação continuada. </div>Observatório internacional de formação continuada será criado em MT
Alimentação: 186 escolas receberão produtos da agricultura familiar em 2015http://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Alunos-de-186-escolas-receberão-merenda-com-produtos-da-agricultura-familiar-em-2015.aspxAlimentação: 186 escolas receberão produtos da agricultura familiar em 2015<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/d1d65daed9ea27807151118a1070998e.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​<font size="2">​​​​​</font></p><p style="text-align:justify;"><font size="2"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/d1d65daed9ea27807151118a1070998e.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:340px;" />Em 2015, alunos de 186 escolas da baixada cuiabana vão receber a alimentação escolar com frutas, verduras e legumes comprados diretamente de agricultores familiares de Mato Grosso. Esta é a primeira ação do Termo de Cooperação Técnica firmado nesta terça-feira (19.05) pelo governo de Mato Grosso que busca unir esforços entre as secretarias para que 30% de todo alimento comprado pelas 748 escolas estaduais sejam adquiridos de agricultores familiares. <br><br></font><font size="2">O termo foi assinado pelo governador Pedro Taques e Secretaria de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária (Seaf), Secretaria de Educação (Seduc), Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) e Empresa Mato-grossense de Pesquisa e Extensão Rural (Empaer). A ação integrada entre as secretarias tem por objetivo unir esforços para cumprir a diretriz do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que prevê o mínimo de 30% do recurso aplicado na aquisição de alimentos diretamente da agricultura familiar. <br><br></font><font size="2">As ações iniciais serão executadas de forma gradativa e ainda este ano terão como projeto piloto os 13 municípios da baixada cuiabana, para os quais serão destinados R$ 3,3milhões para comprar produtos dos pequenos agricultores. A expectativa é que o termo possibilite a melhor aplicação do valor de R$ 11,4 milhões previsto no ano de 2015 para aquisição junto aos agricultores familiares em todo Estado. <br><br></font><font size="2">O governador Pedro Taques explicou que esta ação é muito importante, pois demonstra que as secretarias de Estados estão trabalhando de forma conjunta para melhorar a vida da população. “Isso irá fomentar o setor da agricultura familiar. Importante ressaltar que não estamos gastando nada a mais do que já existe nos recursos das secretarias. Não vamos dar desculpas e sim buscar soluções conjuntas já que nenhuma secretaria é uma ilha”, avaliou. <br><br></font><font size="2">O secretário de Agricultura Familiar, Suelme Evangelista, explicou que existem no Estado cerca de 150 mil famílias que sobrevivem da agricultura familiar e essa possibilidade de se credenciar para ofertar alimentos para a merenda irá desenvolver o setor e trazer mais qualidade de vida no campo. “Não podemos ser importadores daquilo que comemos. Esta forma integrada de pensar soluções para Mato Grosso irá possibilitar que os pequenos agricultores tenham suporte e condições de melhorar a produção. Por outro lado as crianças terão acesso a uma alimentação saudável e com qualidade garantida”, afirmou. <br><br></font><font size="2">Mato Grosso não vinha cumprindo nos últimos anos a obrigação legal de destinar 30% dos recursos da merenda escolar para comprar de produtores familiares. Em 2014, por exemplo, foram apenas 13,2% e em 2013, 11,2%. Esta ação integrada entre as secretarias é essencial para as escolas, segundo o secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto. “Estamos muito aquém do que deveríamos e agora com o aumento da oferta nossas escolas vão adquirir estes produtos. Espero que em um futuro próximo a lei seja aplicada em sua íntegra”. Afirmou. <br><br></font><font size="2">A Seduc e a Seaf vão oferecer apoio técnico e disponibilizar o seu quadro de pessoal para a realização conjunta de trabalhos, estudos técnicos e pesquisas. Todos os anos serão divulgados o cronograma anual da realização da chamada pública no Estado de Mato Grosso. Em parceria coma Empaer, a Seaf irá mapear as áreas de produção da agricultura familiar para dar apoio e ajudar os agricultores a preparar a documentação exigida às chamadas públicas.</font></p>Alimentação: 186 escolas receberão produtos da agricultura familiar em 2015
Senado Federal distribui mais de 18 mil kits do Jovem Senadorhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Senado-Federal-distribui-mais-de-18-mil-kits-do-Jovem-Senador-.aspxSenado Federal distribui mais de 18 mil kits do Jovem Senador<img alt="" src="/Galeria%20de%20Fotos/jovemsenador020.jpg" style="BORDER:0px solid;" /><p><em>​Escolas públicas estaduais de ensino médio de todo o país já podem se inscrever no 8º Concurso de Redação do Senado. O tema deste ano é “Participação política: no parlamento, nas ruas e nas redes sociais”. </em></p><p><img src="/Galeria%20de%20Fotos/jovemsenador02[1].jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:722px;" /> </p><p style="text-align:justify;">As 18.781 mil escolas públicas de ensino médio da Rede Estadual e do Distrito Federal começam a receber a partir desta semana o material de divulgação e participação do 8º Concurso de Redação do Senado Federal. A Secretaria de Relações Públicas do Senado iniciou a expedição de 19.334 mil kits que serão encaminhados para todos os estados brasileiros, incluindo regionais de ensino e as coordenações estaduais, e deve alcançar mais de 200 mil jovens estudantes em todo o país. </p><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">O Jovem Senador conta com o apoio de 54 coordenadores nos estados e no Distrito Federal, que auxiliam na divulgação do certame e realizam a interface entre as secretarias de Educação, as unidades escolares e a equipe organizadora do projeto em Brasília-DF.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Regulamento, ficha de inscrição, folha de redação definitiva, folheto de divulgação,cartaz e carta do presidente do Senado compõem o kit do projeto.  As escolas que não receberem o material poderão baixá-lo na página do Jovem Senador, localizada no endereço <a href="http://www.senado.gov.br/jovemsenador">www.senado.gov.br/jovemsenador</a>.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Serão escolhidas 27 redações vencedoras, uma de cada unidade da Federação, e seus autores serão automaticamente selecionados para vivenciarem como jovens senadores o processo de discussão e elaboração das leis, em Brasília, no mês de novembro. Os professores que orientaram as redações vencedoras também participarão do projeto na Capital, acompanhando os alunos premiados e com uma programação especial.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Para participar, é preciso ter no máximo 19 anos, estar regularmente matriculado em uma escola pública estadual ou do Distrito Federal no ensino médio e escrever uma redação, de 20 a 30 linhas, com o tema “Participação política: no parlamento, nas ruas e nas redes sociais”.</div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Para tirar dúvidas e encaminhar sugestões sobre o Concurso de Redação do Senado e o Jovem Senador, basta ligar para o Alô Senado – Central de Relacionamento com o cidadão do Senado Federal, pelo telefone 0800 612211. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer ponto do país, das 8h às 19h, de segunda à sexta.<br></div>Senado Federal distribui mais de 18 mil kits do Jovem Senador
Alunos saem às ruas para alertar sobre o Combate à Exploração Sexualhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Alunos-saem-às-ruas-para-alertar-sobre-o-Combate-à-Exploração-Sexual.aspxAlunos saem às ruas para alertar sobre o Combate à Exploração Sexual<img alt="" height="225" src="/Galeria%20de%20Fotos/11181693_1655414054688317_325136924855660416_n.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><div style="text-align:justify;"> <img class="ms-rtePosition-3" src="/Galeria%20de%20Fotos/10409745_1655415421354847_9036710242759759971_n.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /></div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Nesta segunda-feira (18.05), Dia de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, os alunos, professores e a equipe de gestão da Escola Estadual André Maggi, Sapezal, município distante 468 quilômetros de Cuiabá, saíram às ruas para alertar a população sobre a importância de denunciar os agressores. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Centenas de estudantes, com cartazes e bonecas, trocaram as salas de aula pelas ruas numa demonstração que escola não se acomoda diante dos crime de exploração sexual de crianças e adolescentes. </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">Segundo o diretor Pedagógico, Thiago Baldrighi, "os alunos começarão a escrever uma nova história em suas vidas, uma história de conscientização, de amor ao próximo, tendo como único objetivo uma sociedade mais pura, curada de tantos males ocasionados por pessoas inescrupulosas". </div><div style="text-align:justify;"> </div><div style="text-align:justify;">A escola não está de braços cruzados. Estamos atentos e convidamos a sociedade mato-grossense a divulgar o Disk-Denúncia, ajude quem necessita, Disk 100.  O projeto foi desenvolvido pela professora de Sociologia Jaqueline Neves com apoio da equipe de coordenação pedagógica.</div>Alunos saem às ruas para alertar sobre o Combate à Exploração Sexual

Último Vídeo ( + Vídeos )

 

 

A gestão democrática na Escola Estadual Paulo Freire de Sinop-MThttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/A-gestão-democrática-na-Escola-Estadual-Paulo-Freire-de-Sinop-MT.aspxA gestão democrática na Escola Estadual Paulo Freire de Sinop-MTGenivalda Batista, Regina Aparecida
Mapeamento Ambiental e Aula Passeiohttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Mapeamento-Ambiental-e-Aula-Passeio.aspxMapeamento Ambiental e Aula PasseioElaine Silva, Silvio Costa, Elisana Silva, Eliandra Silva

 

 

Tangará da Serra: Escola 13 de Maio participa de desfile cívicohttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Tangará-da-Serra-Escola-13-de-Maio-participa-de-desfile-cívico.aspxTangará da Serra: Escola 13 de Maio participa de desfile cívico<p style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/DSCN0011.JPG" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /> </p><p style="text-align:justify;">No último dia 13, Tangará da Serra comemorou 39 anos de emancipação político administrativa. Em comemoração, o município contou com diversas atividades, entre elas um desfile cívico, na principal avenida da cidade, a Brasil.  </p><p style="text-align:justify;">Milhares de pessoas compareceram ao evento, que teve a participação de 27 grupos de entidades e escolas, entre elas a Escola Estadual 13 de Maio, que marcou presença com pelotões que representaram o corpo discente e docente da instituição de ensino, bem como com a fanfarra, composta por cerca de 50 alunos, sob o comando do professor Peterson Quirino.</p><p style="text-align:justify;">Destaque também para as alunas Camila da Silva Vieira, Tayná Soares Souza e Ana Carolina Petrinca de Oliveira. "As meninas fizeram questão de desfilar e nós nos sentimos orgulhosos por poder oferecer oportunidades para que elas sintam-se acolhidas na escola, seja nas atividades rotineiras, seja nos projetos pedagógicos", ressaltou o professor Sérgio Andrilho Bersani, diretor da escola.</p><p style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/DSCN0017.JPG" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /> </p><p style="text-align:justify;">Ana Carolina, que cursa o 3º ano do Ensino Médio, disse que não teve dificuldade para cumprir o trajeto do desfile e que se sentiu muito feliz em poder participar do evento. "Eu me sinto acolhida e inclusa na escola e gosto de participar de todas as atividades", comentou.</p><p style="text-align:justify;">A Escola Estadual 13 de Maio atende também alunos com deficiência auditiva, visual e com Síndrome de Down.</p>2015-05-21T04:00:00.0000000Z
Ensino de geografia é debatido em Cuiabáhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Ensino-de-geografia-é-debatido-em-Cuiabá.aspxEnsino de geografia é debatido em Cuiabá<p style="text-align:justify;"><strong>"(Qual) é o fim do ensino de Geografia?"</strong>,<strong> </strong>esse é o tema<strong> </strong>do II AGB Debate: Fala Professor 2015, que ocorre entre os dias 27 a 30 de maio de 2015, na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Cuiabá.</p><p style="text-align:justify;">O debate questiona a finalidade, ou sentido, do Ensino de Geografia no atual contexto, carregado de desafios e limites para prática docente. Ao mesmo tempo coloca em xeque, intencionalmente de forma alarmista, a própria existência da disciplina geográfica na educação básica, tendo em vista os impactos das políticas educacionais sobre as Ciências Humanas e o Currículo do Ensino Médio. </p><p style="text-align:justify;">Neste processo, a junção das disciplinas por áreas, a exemplo da junção da Geografia, História, Sociologia e Filosofia como disciplina única de Ciências Sociais, representada na arte do evento, é uma das expressões da redução das ciências humanas na educação brasileira. No II AGB Debate, não haverá apresentação de trabalhos, porém traga sua experiência e/ou pesquisa para debater nos grupos de trabalho (GT's), no Cine Pipocão e junto aos palestrantes das mesas-redondas.</p><p style="text-align:justify;">AGB Debate é um evento promovido pela Associação de Geógrafos Brasileiros, seção local Cuiabá. Nesta edição, propomos debater o tema do VIII Fala Professor, evento nacional que ocorrerá entre os dias 09 e 12 de Outubro de 2015 em Catalão/GO. ,</p><p style="text-align:justify;"><strong>Confira a programação do evento seguir:</strong></p><p style="text-align:justify;"><strong><a href="/educadores/SiteAssets/Paginas/Ensino-de-geografia-é-debatido-em-Cuiabá/II%20AGB%20Debate%20Fala%20Professor%202015_Segunda%20Circular.pdf"><img class="ms-asset-icon ms-rtePosition-4" src="/_layouts/15/images/icpdf.png" alt="" style="margin:5px;" />II AGB Debate Fala Professor 2015_Segunda Circular.pdf</a></strong></p><p style="text-align:justify;"><a href="/educadores/SiteAssets/Paginas/Ensino-de-geografia-é-debatido-em-Cuiabá/cartaz%20II%20agb%20debate_FINAL.pdf"><img class="ms-asset-icon ms-rtePosition-4" src="/_layouts/15/images/icpdf.png" alt="" style="margin:5px;width:16px;" />cartaz II agb debate_FINAL.pdf</a></p>2015-05-18T04:00:00.0000000Z
Governo do Estado anuncia reajuste salarial para servidores públicoshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Governo-do-Estado-anuncia-reajuste-salarial-para-servidores-públicos.aspxGoverno do Estado anuncia reajuste salarial para servidores públicos<p>​<em>Anúncio foi feito pelo governador em reunião com o Fórum Sindical nesta sexta no Palácio Paiaguás.</em></p><p>Medidas de austeridade e economia adotadas pelo Governo de Mato Grosso desde o primeiro dia de janeiro permitirão a aplicação da integralidade dos aumentos previstos nas leis de carreira do Estado, entre elas da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, profissionais da educação e da saúde. Além disso, todas as categorias receberão já no mês de maio aumento salarial de 3,11%, conforme a Lei N° 8.278, de 30 de dezembro de 2004. </p><p><br>O anúncio do reajuste salarial foi feito nesta sexta-feira (15.05), durante reunião do governador Pedro Taques e secretariado com o Fórum Sindical, no Palácio Paiaguás, em uma atitude inédita que prevê uma nova relação do Estado com o servidor. Representantes de todas as categorias participaram do encontro. </p><p><br>Com essa decisão, o salário dos professores receberá um acréscimo de 9,11%, já em maio; enquanto os profissionais da saúde terão aumento imediato de 3,11%, alcançando 10,61% em outubro. </p><p><br>Pedro Taques iniciou a reunião explicando que a medida só foi possível em virtude das ações de economia do Estado, como revisão de contratos e reforma administrativa; projeções de aumento de receita feitas a partir da implantação da nova política tributária do governo; somadas à expectativa do repasse dos recursos do Fundo de Exportação (FEX), por parte do Governo Federal. </p><p><br>O governador Pedro Taques também se comprometeu com os sindicatos a realizar reuniões mensais para apresentar a evolução da receita líquida corrente, com a finalidade de estudar outros 3,11% de reajuste até o fim do ano. A Secretaria de Gestão conduzirá as reuniões apresentando os números mensais, com a participação da Fazenda e Planejamento. </p><p><br>"Sou servidor público, tenho orgulho de ser filho de uma professora aposentada. Estamos aqui abrindo diálogo, mostrando o que é possível fazer. Afinal, todos aqui querem o melhor para o Estado. Apesar da crise, vamos aumentar a receita e aplicar em serviços públicos", afirmou o governador. </p><p><br>O presidente do Fórum Sindical e do Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Pública de Mato Grosso (Sinterp), Gilmar Brunetto, afirmou que a reunião com o governador Pedro Taques foi muito importante para que os servidores possam entender o Estado. “Saímos daqui felizes porque o governador se comprometeu em realizar outras reuniões como esta para manter o diálogo aberto com todas as categorias. Confio no governador”, disse Brunetto. </p><p><br><strong>Responsabilidade Fiscal - </strong>Os percentuais aplicados pelo governo foram pensados de acordo com a capacidade de custeio e a previsão da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece o limite legal de 49% da receita para gastos com pagamento de pessoal. </p><p><br>Além disso, o governo foi orientado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) a não ultrapassar os limites da LRF para gastos com a folha de pagamento, sob pena de sofrer sanções da União na liberação de recursos de convênios. Os aumentos anunciados nesta sexta, no entanto, não ultrapassam o limite legal e não prejudicarão o Estado na obtenção de recursos federais. </p><p><br>Apesar do quadro preocupante, o governador Pedro Taques reforçou o esforço da equipe econômica do governo para garantir esse índice de reajuste. Ele lembrou que, embora o país esteja enfrentando um momento em que a economia dá sinais concretos de recessão, o Estado de Mato Grosso trabalha com rigor fiscal e redução de gastos públicos para assegurar a capacidade de investimentos. </p><p><br>O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf, destacou a iniciativa do governo de abrir o diálogo com os servidores. "Hoje é uma data histórica. Temos um governo que está resgatando a confiabilidade no trato público", ressaltou. </p>2015-05-15T04:00:00.0000000Z

  
  
Tamanho da Imagem
  
  
  
Não há imagens a mostrar nesta exibição.

 

 

Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4922&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4915&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4916&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4919&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4917&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4918&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4920&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4921&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Professores destacam visita inédita de secretário em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4914&RootFolder=/Galeria de FotosProfessores destacam visita inédita de secretário em escolaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-21T19:20:33ZProfessores destacam visita inédita de secretário em escola
Seduc faz reunião em Tangará da Serra na Assessoria Pedagógicahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4912&RootFolder=/Galeria de FotosSeduc faz reunião em Tangará da Serra na Assessoria PedagógicaNoelma Oliveira / Assessoria Seduc-MT2015-05-15T12:30:15ZSeduc faz reunião em Tangará da Serra na Assessoria Pedagógica