Mato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismohttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Mato-Grosso-conquista-mais-três-ouros-nas-provas-de-atletismo.aspxMato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismo<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/ATLF_wl_2309_11%20(Small).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​​<span style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Mato Grosso vem se destacando nas provas de atletismo dos Jogos Escolares em João Pessoa. Nesta sexta-feira (23), na parte da manhã, foram mais seis medalhas para a delegação, sendo três de ouro, uma de prata e duas de bronze. As conquistas foram emocionantes, com direito a quebra de recorde, por duas vezes, no salto em altura.</span></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A estudante Lissandra Maysa, do Colégio ICE, de Cuiabá, ganhou medalha de ouro nos 75 metros rasos, por apenas quatro milésimos de diferença. A chegada foi de tirar o fôlego e a mato-grossense venceu ao colocar o tronco do corpo mais à frente na linha de chegada. “Fiquei muito nervosa, por que queimaram a largada duas vezes. Perdi um pouco o foco e achei que não ia dar, mas consegui e estou muito feliz com a vitória”, disse.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Nos 1000 mil metros masculino, Lucas Leite, 14, de Barra do Garças, deu uma grande arrancada na reta final para conquistar a medalha de ouro. A prova foi muito equilibrada até os metros finais. “O nível estava alto e eu fui fechado por várias vezes durante a prova. Quando chegou a reta final, decidi que era o momento de dar o último gás. Consegui me distanciar do bloco e venci a prova”, analisou Lucas.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Com essa conquista, ele se tornou bi-campeão brasileiro da competição. Lucas também é o atual campeão e terceiro colocado no Campeonato Sul Americano Escolar, nas provas de 2 mil e 800 metros, respectivamente.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Na mesma prova em que Lucas ganhou, outro mato-grossense, Davilson Santiago, 13, de Barra do Garças, conquistou o terceiro lugar e ficou com a medalha de bronze. Ele treinou oito meses para a competição. “Achei que não ia chegar entre os três primeiros, já que tive pouco tempo de preparação. Na verdade eu nunca imaginei que estaria em João Pessoa participando dos Jogos Escolares”.   </p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Na reta final dos 1000 mil metros, Ana Carolina, de Barra do Garças, estava em segundo lugar e percebeu a terceira colocada se aproximando. “Nessa hora eu pensei na minha família, no meu diretor da escola, no técnico (Severino Souza), em todo mundo que me ajudou a estar aqui. Isso me deu o gás final que eu precisava para manter o segundo lugar”, disse a menina de 11 anos, medalhista de prata nos Jogos Escolares.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Mato Grosso também fez bonito no salto em altura, com a atleta Ariele Rodrigues, de Rondonópolis. Além do ouro, ela quebrou por duas vezes o recorde da prova. No primeiro salto, a maca foi de  1, 65 metros. Depois ela quebrou a própria marca ao saltar 1,67 metros e estabeleceu o novo recorde da prova nos Jogos Escolares.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Incentivada pela torcida, ele tentou por mais duas vezes superar o recorde (1,67m). Ao sair do espaço de competição, ela deu um abraço  no técnico, enquanto era muito aplaudida pelo público e demais atletas. “Eu chorei demais com essa vitória”, comentou a menina que nunca tinha saltado tão alto.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Nos 75 metros masculino, Eric Vitor, o ‘Boltinho’ de Sorriso, fez bonito mais uma vez e faturou a medalha de bronze na disputa. Ele já tinha conquistado o ouro nos 100 metros com barreiras, na quinta-feira (22).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">As provas do atletismo seguem durante a tarde desta sexta-feira(23), com mais chances de medalhas para Mato Grosso.  </p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Com os resultados de hoje a delegação do Estado conta com 13 medalhas na competição, sendo seis de ouros, três pratas e quatro bronzes.</p><p><br></p>Mato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismo
Escolas da rede estadual recebem exposição itinerantehttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Escolas-da-rede-estadual-recebem-exposição-itinerante.aspxEscolas da rede estadual recebem exposição itinerante<img alt="" height="169" src="/Galeria%20de%20Fotos/EE%20Fernando%20Leite1%20(Small).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Qual a história do nosso planeta? Como ocorreu a evolução biológica? Quantos bens minerais fazem parte do nosso dia a dia? Essas são algumas das perguntas que podem ser respondidas no projeto e exposição itinerante Educação e Geociências, que passará por cinco escolas estaduais de Cuiabá e Várzea Grande até o final do ano. A Escola Estadual Fernando Leite, em Várzea Grande, foi a primeira a receber o acervo, nessa quinta-feira (22.09).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/EE%20Fernando%20Leite1%20(Small).jpg" alt="" style="margin:5px;width:510px;height:287px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O projeto tem o objetivo de auxiliar no processo educacional das geociências de forma multidisciplinar, e apresentará aos estudantes rochas, minerais e fósseis, disponibilizados pelo Museu de Pré-história Casa Dom Aquino e Museu de Rochas e Minerais da Faculdade de Geociências da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A exposição é parte do Projeto de Pesquisa e Extensão Educação e Geociências, desenvolvido por professores do Instituto de Engenharia da instituição. Um dos coordenadores do projeto, o geólogo Caiubi Kuhn, descreve que os conteúdos de geociências são fundamentais para a compreensão da história evolutiva da terra, dos mecanismos de controle climáticos e das limitações de recursos existentes no nosso planeta.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A professora articuladora da Escola Fernando Leite, Lediane Félix, que também é formada em Geografia, comenta que a exposição foi bastante proveitosa e que os alunos se demostraram interessados e foram participativos. “Foi uma oportunidade para eles esclarecerem dúvidas referentes ao nosso planeta, sobre o tempo geológico e sobre a evolução da vida, além de participarem de experiências desenvolvidas pelos monitores do projeto”, destacou a educadora, ressaltando que a exposição desenvolve um processo de aprendizagem diferenciado.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/EE%20Fernando%20Leite%20(Small).jpg" alt="EE Fernando Leite (Small).jpg" style="margin:5px;width:510px;height:287px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Ela lembra que alguns alunos demostraram muito interesse e talento na área. “O projeto pode despertar entre esses grupos de estudantes participantes futuros geólogos, arqueólogos, paleontólogos, cientistas”.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Ao todo, mais de mil alunos da unidade escolar, dos três períodos, participaram da iniciativa. Bruno Vinícius de Jesus, do 1º ano, é um que aprovou a iniciativa. “Foi um momento de vivenciar na prática o que aprendemos em sala de aula. Além de conhecer, de perto, esses materiais e o mundo fascinante que existe dentro dos museus”.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Jogos educacionais</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/EE%20Fernando%20Leite3%20(Small).jpg" alt="EE Fernando Leite3 (Small).jpg" style="margin:5px;width:510px;height:287px;" /><br></strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Mais do que a exposição itinerante, o projeto prevê o desenvolvimento e disponibilização de jogos educacionais para auxiliar no ensino de tópicos sobre o tempo geológico, evolução da vida e limitações dos bens minerais no nosso planeta.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Os jogos irão ampliar o público das informações, que por enquanto chegarão apenas em algumas escolas com a exposição itinerante. Os jogos serão de livre acesso e ajudarão a assimilar a história da vida no planeta e a limitação dos recursos naturais.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Além dos museus, são parceiros desta iniciativa o Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (ECOSS) e a Coordenação de Cultura da UFMT.</p><div><br></div>Escolas da rede estadual recebem exposição itinerante
Governo do Estado assegura o pagamento de 90% da folha no dia 30http://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Governo-do-Estado-assegura-o-pagamento-de-90-da-folha-no-dia-30.aspxGoverno do Estado assegura o pagamento de 90% da folha no dia 30<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/Centro%20Político%20Administrativo%20(Small).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Para efeitos de publicidade e transparência, o Governo do Estado de Mato Grosso informa que vai realizar, no dia 30 de setembro, o pagamento integral dos salários de 90% dos servidores públicos estaduais, que recebem até R$ 6 mil, líquido. Os demais 10% dos servidores, que recebem mais de R$ 6 mil, devem receber o salário integralmente até o dia 10 de outubro – data prevista na legislação estadual.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A alteração na data ocorre, de forma excepcional, devido ao agravamento da crise econômica. Os números acima são referentes aos cálculos da equipe econômica do Governo do Estado realizados até esta quinta-feira (22). No entanto, a data de pagamento dos 10% dos servidores, que têm previsão de receber os salários em outubro, pode ser antecipada caso os repasses federais para o Governo de Mato Grosso sejam regularizados. Para isso, o governador Pedro Taques deve se reunir com o presidente da República Michel Temer na próxima semana para cobrar a efetivação dos repasses ao Estado.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O Governo do Estado informa também que a primeira parcela do pagamento do Reajuste Geral Anual (RGA), de 2%, está contemplada na folha do mês de setembro, conforme previsto na lei aprovada pela Assembleia Legislativa.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O Governo do Estado esclarece que tem tomado, desde o ano passado, medidas para amenizar os efeitos da crise econômica no Estado, para estimular o aumento da arrecadação e reduzir as despesas da máquina pública. Dentre estas medidas estão:</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- o envio à Assembleia Legislativa, no mês de maio, do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias que prevê redução de 15% no duodécimo aos poderes;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- publicação do decreto 675/2016, que determina a redução do custeio nos órgãos do governo estadual;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- a adoção de nove ações por parte da Secretaria de Estado de Fazenda para aumentar a arrecadação em R$ 275 milhões até o fim do ano;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- a revisão dos incentivos fiscais no Estado resultando na arrecadação de mais de R$ 300 milhões ao longo do ano;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- a publicação do decreto 694/2016, que determinou a mudança do horário do expediente nos órgãos da administração pública estadual para reduzir e controlar as despesas de custeio;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- o envio à Assembleia Legislativa e posterior aprovação do projeto de lei que institui o Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso (Refis), com previsão de arrecadação de R$ 150 milhões até dezembro;</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">- análise da publicação, em conjunto com outros 19 estados, do decreto de calamidade, que prevê acessar recursos financeiros do governo federal de forma imediata.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O Governo do Estado ressalta que a crise econômica atinge todo o país e já fez com que outros 13 Estados atrasassem ou mudassem a data de pagamento dos salários de seus servidores. Apesar do momento de dificuldade enfrentado por todos, o Governo de Mato Grosso reafirma a confiança na travessia deste período de instabilidade e prega a união de todos os segmentos da sociedade em prol da retomada do crescimento econômico no Estado e no país.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O Governo do Estado reafirma ainda o compromisso com a população de continuar lutando em Brasília para que a União efetue os repasses que estão em atraso, em especial os R$ 400 milhões referentes ao Fundo de Apoio à Exportação (FEX).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Na próxima semana, a equipe econômica do Governo do Estado fará uma apresentação dos dados financeiros aos servidores públicos estaduais.​</p>Governo do Estado assegura o pagamento de 90% da folha no dia 30
Evento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiareshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Evento-reúne-profissionais-da-educação,-pessoas-surdas-e-familiares.aspxEvento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiares<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/Semana%20surdocegos%20mt%20small(86).JPG" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Cerca de 150 pessoas entre autoridades, profissionais da educação, alunos e familiares se reuniram na manhã desta quinta-feira (22.09), na Arena Pantanal, para discutir os avanços e desafios das políticas públicas para pessoas com deficiência, especialmente para as surdas. A programação faz parte do “VIII Encontro Mato-grossense de Surdos – A reflexão do ser surdo e uma sociedade inclusiva”, e integra também a 2ª Semana da Pessoa com Deficiência. Os dois eventos tiveram início na segunda-feira (19) e seguem até o próximo sábado (24).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/Semana%20surdocegos%20mt%20small(86).JPG" alt="" style="margin:5px;width:510px;height:340px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Entre as atividades da manhã, foi discutido os avanços da educação especial no estado e realizada uma mesa redonda sobre a avaliação multiprofissional no âmbito escolar, com a equipe do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (Casies).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O evento contou com a participação do secretário adjunto de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Casa Civil, Marcione Pinho, do superintendente Estadual de Promoção de Articulação de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Luiz Carlos Grassi, do presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede), Juarez de Almeida Albuês, do presidente da Associação Mato-grossense dos Surdos, José Roberto Bolonheis, além das diretoras do Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo (Ceaada) Arlete Pereira Miguelette, Gláucia Inês Paes de Barros, e do Casies, Valdite Heinzen.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">De acordo com a diretora do Ceaada, que atende atualmente 98 alunos surdos, o objetivo do encontro é discutir e mostrar para a sociedade a cultura, educação e a identidade surda. “Precisamos promover a inserção social cada vez mais e oferecer ao aluno novas perspectivas profissionais e sociais”, apontou Gláucia, destacando que é uma oportunidade para debater e trocar ideias com especialistas da área, com o intuito de melhorar as condições e qualidade de vida dos surdos no estado.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/Semana%20surdocegos%20mt%20small(85).JPG" alt="Semana surdocegos mt small(85).JPG" style="margin:5px;width:510px;height:340px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A diretora do Casies, Valdite Heinzen, destacou que eventos como esses são de extrema relevância, principalmente para que as pessoas com deficiências saibam quais são seus direitos e onde buscá-los. “Além disso, é importante para que as instituições e governo estejam mais próximos das pessoas com deficiências e mostrem quais são suas funções, o que tem feito e suas políticas públicas para continuar, avançar e aprimorar nessa questão”.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Ela explicou que o Casies atua no processo de qualificação para os profissionais da educação, mas trabalha também com suporte e atendimento às famílias dos portadores de necessidades especiais com o objetivo de acelerar o processo de inclusão social.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Reivindicações</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/Semana%20surdocegos%20mt%20small(49).JPG" alt="Semana surdocegos mt small(49).JPG" style="margin:5px;width:510px;height:340px;" /><br></strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O superintendente Estadual de Promoção de Articulação de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Luiz Carlos Grassi, lembrou que no ano passado, durante a realização da 1ª Semana da Pessoa com Deficiência, foram elencadas algumas pautas de reivindicações dos surdos, que já se arrastam por cerca de 30 anos, como a criação de escolas bilíngues e a carreira de intérprete e tradutor de Libras e revisor de Braille na Educação do Estado. “Essa discussão avançou. As minutas estão prontas na Secretaria de Estado de Educação para ser encaminhadas para o governador Pedro Taques”, comemora.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Além disso, ele observou que o Governo do Estado trabalha para criar a lei que rege sobre a realização de provas adaptadas para surdos em concursos públicos e exames de ingresso em instituições de ensino públicas. “Isso é um avanço histórico. Eles não têm acesso a esses certames e instituições de ensino superior porque as provas não são acessíveis. Essa medida vai contribuir e muito com a melhoria da qualidade de vida da pessoa surda”, finalizou.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/Semana%20surdocegos%20mt%20small(60).JPG" alt="Semana surdocegos mt small(60).JPG" style="margin:5px;width:510px;height:340px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Grassi acrescentou ainda que o evento contribui para a melhoria das propostas e construção da política estadual para a Pessoa com Deficiência, que vem sendo discutida pelo governo do estado. “Nós já reunimos 19 órgãos, sociedade civil e Conede, e estamos reformulando e caminhando para a consolidação do plano. Será uma política de governo para ficar para a história. Trata-se de política para uma importante parcela da sociedade, de 22,3% em Mato Grosso. Precisamos ter atenção especial para melhorar a vida dessas pessoas”.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Programação</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Nesta sexta-feira (23.09), das 08h às 11h, além de apresentação cultural, será realizada a palestra “Direito à Tecnologia Assistiva”, ministrada por profissionais da Adjunta de Gestão de Tecnologia em Informação, da Seplan. A atividade ocorrerá no salão nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">No período da tarde, na Arena Pantanal, às 13h30, alunos da Escola Estadual de Ensino Especial Livre Aprender apresentam espetáculo de dança com cadeiras de rodas. Em seguida, às 14h, ocorre a palestra com o tema Educação Bilíngue, com Marcos Roberto.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Às 15, será debatido o ingresso no ensino superior. Às 16h, ocorre a palestra sobre o Projeto de Lei que regulamenta a carreira de Intérprete e Tradutor de Libras e Revisor de Braille na Educação do Estado.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">No sábado (24.09), também na Arena Pantanal, será realizada a palestra “Surdocegueira”, ministrada pela diretora da Associação Educacional para Múltipla Deficiência (Ahimsa), Shirley Maia, e a presidente da Associação Brasileira de Surdocegos, Claudia Sofia Pereira. A atividade terá início às 8h30 e segue até as 9h30. Na sequência, é a vez da palestra “Construção do livro em libras”.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O encerramento da 2ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência está programado para às 10h30.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><br></p>Evento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiares
Índia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta Olímpicahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Índia-Bakairi-conquista-ouro-inédito-para-Mato-Grosso-na-Luta-Olímpica.aspxÍndia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta Olímpica<img alt="" height="169" src="/Galeria%20de%20Fotos/larissa%20com%20medalha%20(Small).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A índia Bakairi, Larissa Tywaki, da cidade de Paranatinga (a 342 km de Cuiabá), conquistou, nesta quarta-feira (21.09), a primeira medalha de ouro para Mato Grosso nos Jogos Escolares da Juventude, em João Pessoa (PB).  O título foi na categoria peso pesado da Luta Olímpica. Com 14 anos de idade, Larissa é a primeira lutadora da história a conquistar uma medalha de ouro para o estado, nessa modalidade.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/larissa%20com%20medalha%20(Small).jpg" alt="" style="margin:5px;width:510px;height:286px;" /><br></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Para conquistar a tão sonhada medalhada dourada, Larissa lutou contra as estudantes do Amazonas, Paraíba e São Paulo. A disputa pelo ouro, contra a paulista Júlia Souza de Oliveira, foi emocionante. Larissa venceu o embate no segundo round, ao aplicar o golpe ‘touch’, quando o adversário encosta a escápula (osso das costas) completamente no chão.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Emocionada, a índia Bakairi dedicou a vitória à mãe, que faleceu este ano. “Ela foi uma das minhas grandes incentivadoras a praticar esporte. Esse ouro eu dedico à minha mãe, à minha professora e ao mestre Chicão (Francisco José Pessoa Fernandes)”, disse a jovem, com os olhos marejados.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A técnica dela, Andressa Ueharo, também comemorou muito a vitória de Larissa Tywaki. “Ele merece muito, por tudo que passou, por todo esforço e dedicação que teve”, destacou a técnica.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Ela também agradeceu ao apoio do Governo de Mato Grosso e ao mestre Chicão – uma das maiores autoridades do Jiu-Jitsu mato-grossense. “O Chicão é um grande mestre, é uma pessoa extraordinária. Foi ele que teve a sensibilidade de perceber o talento da Larissa e fazer todo esforço para conseguir um tatame para os treinos dela. Ele é uma pessoa que realmente acredita no esporte”, ressaltou Andressa Ueharo.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A professora acredita que a conquista do ouro pode abrir muitas portas para Larissa. “Com esse resultado ela pode pleitear o Bolsa Atleta e também conseguir patrocínio de empresas privadas para custear os treinamentos e viagens para competir fora do estado”, projetou.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Além de Larissa, a equipe de Mato Grosso na Luta Olímpica é composta pelas atletas estudantes Luana Carine (peso leve) e Jamily Almeida (médio). Elas voltam a lutar na sexta-feira (23.09), quando haverá a disputa por equipes.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Nesta quinta-feira (22.09) começam as disputadas da Luta Olímpica no masculino. Mato Grosso é representado pelos estudantes Guilherme Porto (peso leve), Antônio Capitula Neto (médio) e Iran Carlos (pesado).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Mato Grosso enviou para os Jogos Escolares em João Pessoa uma delegação com 183 membros, entre atletas, técnicos e dirigentes. Os jogos começaram nesta terça-feira (20.09) e terminam no próximo dia 30. O evento reúne mais de três mil estudantes que competem na categoria B, entre 12 e 14 anos.</p><div><br></div>Índia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta Olímpica
Aluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Aluna-da-rede-estadual-de-MT-participa-de-projeto-da-Nasa.aspxAluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasa<img alt="" height="169" src="/Galeria%20de%20Fotos/maria%20nasa%20(Small).jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Com o apoio e incentivo da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Seduc-MT), a aluna Maria Gisllany Bezerra da Silva, 18 anos, e a professora de Física, Silvana Copceski, embarcaram nesta quarta-feira (21.09) para os Estados Unidos onde vão conhecer a Agência Espacial Americana (Nasa), situada da cidade de Houston. Elas são da Escola Estadual 13 de Maio, de Tangará da Serra (a 240 km de Cuiabá).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/maria%20nasa%20(Small).jpg" alt="" style="margin:5px;width:510px;height:287px;" /> </p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Premiada no concurso internacional de redação “Cassini: Cientista por um Dia”, promovido pela Nasa, Maria foi convidada para conhecer a agência pelo seu empenho em pesquisas espaciais, junto com a professora orientadora. Apenas duas equipes brasileiras participam do programa “Missão X: Treina como um Astronauta”, da Nasa.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Antes de embarcarem, elas estiveram no gabinete do secretário de Educação, Marco Marrafon, para agradecer o apoio da Seduc e falarem sobre a expectativa da viagem. “Estava ansiosa, com medo de algo dar errado. Mas deu tudo certo graças à equipe da Seduc que prontamente nos atendeu, nos ajudou e possibilitou a realização desse sonho”, disse a estudante.​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O secretário Marrafon parabenizou a dupla e reforçou que a Seduc apoia e incentiva iniciativas como essa, que visam o conhecimento e a inovação no ensino público. “Ver um aluno da rede estadual se destacando dessa forma, participando de um programa de tanta relevância como esse, é motivo de orgulho para nós. É inspirador e exemplo para todos os estudantes que sonham em desenvolver projetos nessa área”, afirmou.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Sonho</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong><img src="/Galeria%20de%20Fotos/DSC_0052_editada%20(Small).jpg" alt="" style="margin:5px;width:510px;height:346px;" /><br></strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Maria sonha em ser astronauta e, para isso, quer aprimorar o inglês com um intercâmbio e conquistar as graduações de Comandante de Avião e Bacharelado em Física. Pensando na formação, a estudante, que é filha de um operador de máquinas e uma dona de casa, almeja conquistar bolsas de estudo. Atualmente ela participa de aulas de inglês.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Apesar das dificuldades que enfrenta, Maria se emociona por estar pavimentando um caminho para outros estudantes. Ela relata que recentemente recebeu a carta de uma estudante de Tangará da Serra agradecendo por ela dividir o conhecimento sobre o espaço. “Eu conheci meu ídolo, o tenente coronel da Força Aérea Brasileira (FAB) Marcos Pontes, o primeiro brasileiro a ir ao espaço. Agora, vou para Nasa e estou certa de que a próxima conquista é o espaço. E é isso que passo para os estudantes”, afirma.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Cronograma</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Nesta quinta (22.09) aluna e professora conhecem o Centro Espacial da Nasa em Houston, no Texas. Elas terão experiências como utilizar o simulador espacial e interagir com astronautas.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Entre os dias 24 e 29 elas estarão em Washington, onde irão conhecer um rádio telescópio voltado para pesquisas espaciais. O equipamento proporciona a visualização do céu profundo, a lente do rádio telescópio alcança objetos espaciais muito distantes. Ainda em Washington elas conhecerão o maior Museu de Ar e Espaço do mundo.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Projeto Novo Horizonte</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Maria e Silvana conduzem de forma voluntária, desde 2012, o projeto Novo Horizonte no qual apresentam com o auxílio de um telescópio amador, um novo ponto de vista sobre o universo, aos estudantes.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Para a professora, o projeto despertou interesse nos jovens pelas aulas de matemática, química e física. “Os alunos tinham o interesse nesses temas, mas não entendiam nada. Agora, as turmas do projeto com palestra e visualização com telescópio ficam apertadas”, conta a professora Silvana.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Outra iniciativa da qual participam, é o projeto Missão X da Nasa. Elas são as únicas representantes da ação em Mato Grosso, que tem apenas mais uma equipe no Brasil, no Rio de Janeiro, apesar do programa estar presente em 29 países. O projeto tem o objetivo de levar ao aluno a rotina do astronauta e a vida no espaço.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">​<br></p>Aluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasa

Último Vídeo ( + Vídeos )

 

 

Aspectos educacionais e sócio-antropológicos da surdez. A língua Brasileira de Sinaishttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Aspectos-educacionais-e-sócio-antropológicos-da-surdez--A-língua-Brasileira-de-Sinais.aspxAspectos educacionais e sócio-antropológicos da surdez. A língua Brasileira de Sinais
FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI - FISIG ENSINO A DISTÂNCIA DE JOVENS E ADULTOS E SUA HISTÓRIAhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/FACULDADE-INTERNACIONAL-SIGNORELLI---FISIG--ENSINO-A-DISTÂNCIA-DE-JOVENS-E-ADULTOS-E-SUA-HISTÓRIA.aspxFACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI - FISIG ENSINO A DISTÂNCIA DE JOVENS E ADULTOS E SUA HISTÓRIA

 

 

Governo detalha como será o pagamento dos servidoreshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Governo-detalha-como-será-o-pagamento-dos-servidores.aspxGoverno detalha como será o pagamento dos servidores<p>​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Os secretários Seneri Paludo (Fazenda), Julio Modesto (Gestão) e Paulo Taques (Casa Civil), apresentaram com detalhes nesta sexta-feira (23.09) o compromisso do Governo do Estado com o pagamento de 90% da folha salarial do mês de setembro no próximo dia 30. Os servidores que recebem acima de R$ 6 mil líquidos receberão até o dia 10 de outubro, conforme prevê a Constituição Estadual.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A equipe econômica lembrou que o Estado já vem sofrendo com a crise, mas que ela se agravou neste mês de setembro e afetou a receita. Além disso, a folha de pagamento, somente no ano de 2016, teve um aumento na ordem de 15%, ante 3% de aumento no ICMS, que é a principal fonte de recursos do Poder Executivo.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Ao mesmo tempo, diminuíram os recursos advindos da União. Segundo o secretário de Fazenda, só na saúde a redução chegou a 20% e o Governo precisou fazer frente a esses valores não vieram. Além disso, o Estado esperava receber cerca de R$ 400 milhões da União referente ao FEX, o que não aconteceu.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Diante da situação, Seneri comenta que houve um esforço da equipe econômica para prever o máximo possível em caixa e quitar a folha de 90% dos servidores no dia 30 deste mês, contemplando todos aqueles que recebem até R$ 6 mil líquido. Os outros 10% dos servidores que ganham acima deste valor, receberão até o dia 10, data estabelecida como limite para quitar com o pagamento.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O secretário afirma que nada muda com relação ao 13º salário dos servidores que fazem aniversário em setembro, segundo o secretário Júlio Modesto, o pagamento será como nos meses de agosto e setembro, ou seja, no dia 15 de outubro. O secretário também destacou que nada muda para quem fez o adiantamento do 13º no banco, já que o Estado repassa aos bancos os pagamentos dos consignados e dos empréstimos no dia 15 de cada mês.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Segundo Júlio Modesto, foram incluídos no pagamento do próximo dia 30 todos os servidores que receberão até R$ 6 mil líquidos, ou seja, valor descontando previdência, empréstimos e outros descontos. O servidor também poderá consultar a folha de pagamento no Portal Transparência do Governo do Estado. Nela, também será possível perceber o pagamento dos 2% do Reajuste Geral Anual (RGA).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Julio também destacou que a folha que não serão paga no dia 30 corresponde a aproximadamente R$ 117 milhões. Segundo ele, na próxima semana o governador Pedro Taques irá a Brasília buscar recursos federais para suprir o caixa do Estado. “Se o governador conseguir o pagamento de, pelo menos, a primeira parcela do FEX, nós quitaremos toda a folha na próxima semana”, disse o secretário.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O secretário de Casa Civil, Paulo Taques, afirma que o governo de Mato Grosso age com transparência com o servidor e com a população. “Falamos a verdade para o servidor, tornar a coisa clara e transparente, imune a boatos. Temos uma semana para fechar a folha e o governador vai a Brasília, se tiver sucesso em apenas um das frentes que ele vai atuar nós pagaremos o salário no próximo dia 30”, comentou.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Diálogo</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Os secretários ressaltaram o compromisso de diálogo com os servidores públicos. Na próxima semana o Fórum Sindical será recebido pela equipe econômica que detalhará, mais uma vez, a situação do caixa do Estado.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A reunião é em resposta ao pedido feito pelo Fórum Sindical no fim da tarde desta quinta-feira (22.09). No entanto, naquele momento a equipe econômica ainda trabalhava com os números tentando chegar ao máximo percentual de servidores que receberão na próxima sexta-feira (30.09).</p><div><br></div>2016-09-23T04:00:00.0000000Z
Mato Grosso conquista cinco medalhas no segundo dia dos Jogos Escolareshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Mato-Grosso-conquista-cinco-medalhas-no-segundo-dia-dos-Jogos-Escolares.aspxMato Grosso conquista cinco medalhas no segundo dia dos Jogos Escolares<p>​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A delegação de Mato Grosso conquistou cinco medalhas no segundo dia dos Jogos Escolares da Juventude, em João Pessoa (PB), categoria B (de 12 a 14 anos). Foram duas medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze, só nesta quinta-feira (22.09).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Os ouros foram conquistados no atletismo. O estudante Eric Vitor, de 14 ans, de Sorriso, ganhou os 100 metros com barreiras, estabelecendo o novo recorde da prova, com a marca de 13,50 segundos. Já a cuiabana Lissandra Maysa, de 14 anos, foi campeã no salto em distância, com a marca de 5,49 metros.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A prata foi conquistada na luta olímpica (peso leve) pelo estudante de Cuiabá, Guilherme Porto, de 14 anos. O vice-campeonato tem um sabor especial, já que o garoto teve que se recuperar de uma fratura na clavícula para competir.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O judô mato-grossense também fez bonito no segundo dia das competições individuais. O estudante Nicolas Almeida, de 13 anos, conquistou o bronze na categoria ligeiro (até 40 quilos). A estudante Ana Miori também faturou o bronze, só que na categoria super ligeiro (até 36 quilos).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Com os resultados desta quinta-feira (22.09), a delegação de Mato Grosso conta com sete medalhas nos Jogos Escolares. As duas primeiras foram conquistadas na terça-feira (21.09) nas modalidades de luta olímpica (feminino) e ciclismo (masculino).   </p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Os jogos continuam nesta sexta-feira (23.09), com disputas em várias modalidades individuais.  Mato Grosso tem boas chances de medalhas no atletismo (provas dos 75 metros livres), badminton (por duplas), judô e luta olímpica (ambos por equipe).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Destaque</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A natação de Mato Grosso também obteve ótimo resultado. O estudante de Sinop, Antônio Brech, ficou entre os finalistas na prova dos 50 metros nado de peito e alcançou a sexta colocação.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">A técnica do jovem atleta, Sara Rezende, destacou que o resultado é muito significativo para o estudante, que sofre de hiperatividade e déficit de atenção. “O Antônio é um exemplo clássico de como o esporte pode ajudar as pessoas. A concentração dele melhorou muito depois que ele passou a praticar natação”, ressaltou a professora.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><br></p>2016-09-23T04:00:00.0000000Z
‘Boltinho’ garante o segundo ouro para Mato Grosso nos Jogos Escolareshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/‘Boltinho’-garante-o-segundo-ouro-para-Mato-Grosso-nos-Jogos-Escolares.aspx‘Boltinho’ garante o segundo ouro para Mato Grosso nos Jogos Escolares<p>​</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O estudante Eric Vitor da Escola Estadual 13 de Maio, em Sorriso, conquistou, nesta quinta-feira (22.09) a medalha de ouro na prova dos 100 metros com barreiras dos Jogos Escolares em João Pessoa. Essa já é a segunda medalha dourada da delegação de Mato Grosso na competição. Vitor também se classificou para a final dos 75 metros livres, que ocorre nesta sexta-feira (23).</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Além do ouro, Vitor, que é natural de Cuiabá, quebrou o recorde da prova por três vezes seguidas. Nas eliminatórias ele derrubou o recorde estabelecido no ano passado. Na semifinal ele abaixou o próprio tempo e na final ele repetiu a dose estabelecendo o novo recorde dos 100 metros dos Jogos Escolares, com a marca de 13,5 segundos.  </p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O garoto – que tem o apelido de Boltinho por causa do corredor jamaicano Usain Bolt – ganhou a final com sobras, liderando a disputa do início ao fim. Depois da vitória ele deu um abraço apertado e demorado no seu técnico, o professor Marcos Vieira. No ano passado ele havia ficado em quarto lugar na mesma prova. “Estou muito feliz. É uma sensação que nem consigo descrever direito. Nem sei o que falar e o que pensar”, disse o garoto que ainda recuperava.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Para o técnico Marcos Vieira, esse resultado já era esperado desde quando o garoto ainda competia e treinava em Mato Grosso. “Na etapa regional dos Jogos Escolares ele já havia batido o recorde da prova dos 100 metros, estabelecido no ano passado. Era questão de manter o foco e o trabalho sério para ele conquistar o brasileiro” destacou o professor.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Vieira disse ainda que a vitória de Vitor significa que os atletas nunca podem deixar de acreditar nos seus sonhos. “No ano passado ele foi quarto nessa prova, ele podia ter desistido, mas eu falei para ele que não, que desistir jamais, que ele tinha um grande potencial e que seria campeão dos jogos neste ano”, relatou.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Esse é o segundo ouro de Mato Grosso na competição. O primeiro foi conquistado, nesta quarta-feira (21), pela índia Bakairi, Larissa Tywaki, na modalidade de peso pesado da Luta Olímpica.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;"><strong>Talento nato</strong></p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Eric Vitor mora em um bairro de casas populares da cidade de Sorriso. Ele foi descoberto pelo professor Marcos aos nove anos de idade, durante um festival de atletismo realizado na cidade. “Vi aquele garoto correndo e logo percebi que ele tinha um grande talento para o esporte”, recorda.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">O professor conversou com o garoto que se interessou em fazer atletismo. O próximo passo era convencer a família do talento de Vitor. Marcos conta que visitou por várias vezes os pais do atleta para explicar a importância de inserir o menino no projeto Sementes de Ouro. “Esse trabalho de convencimento da família é extremamente importante, pois os pais são peças fundamentais para o desenvolvimento do atleta”, destaca.</p><p style="color:#555555;font-family:calibri, arial, helvetica, sans-serif;font-size:16px;text-align:justify;background-color:#ffffff;">Com total apoio da família, o menino de nove anos se dedicou ao atletismo e hoje, aos 14, está entre os melhores atletas do país com até 16 anos. “Se ele continuar nesse ritmo, com certeza chegará às Olimpíadas”, aposta o professor Marcos.</p><p></p>2016-09-22T04:00:00.0000000Z

  
  
Tamanho da Imagem
  
  
  
Não há imagens a mostrar nesta exibição.

 

 

Mato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismohttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7025&RootFolder=/Galeria de FotosMato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismoMato Grosso conquista mais três ouros nas provas de atletismo
Escolas da rede estadual recebem exposição itinerantehttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7023&RootFolder=/Galeria de FotosEscolas da rede estadual recebem exposição itineranteEscolas da rede estadual recebem exposição itinerante
Mato Grosso conquista cinco medalhas no segundo dia dos Jogos Escolareshttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7022&RootFolder=/Galeria de FotosMato Grosso conquista cinco medalhas no segundo dia dos Jogos EscolaresMato Grosso conquista cinco medalhas no segundo dia dos Jogos Escolares
Evento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiareshttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7021&RootFolder=/Galeria de FotosEvento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiares2013-10-26T02:58:00ZEvento reúne profissionais da educação, pessoas surdas e familiares
Índia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta Olímpicahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7020&RootFolder=/Galeria de FotosÍndia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta OlímpicaÍndia Bakairi conquista ouro inédito para Mato Grosso na Luta Olímpica
Aluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7019&RootFolder=/Galeria de FotosAluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasa2013-10-24T09:50:00ZAluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasa
Aluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7018&RootFolder=/Galeria de FotosAluna da rede estadual de MT participa de projeto da NasaAluna da rede estadual de MT participa de projeto da Nasa
Seduc orienta escolas sobre baixa umidade do arhttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7016&RootFolder=/Galeria de FotosSeduc orienta escolas sobre baixa umidade do arSeduc orienta escolas sobre baixa umidade do ar
João Pessoa - 21/09/2016 - Jogos Escolares da Juventude 2016 - Etapa 12 a 14 - Cerimônia de premiação do Ciclismo, prova Contrarelógio masculino.Foto: William Lucas/Exemplus/COBhttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7015&RootFolder=/Galeria de FotosJoão Pessoa - 21/09/2016 - Jogos Escolares da Juventude 2016 - Etapa 12 a 14 - Cerimônia de premiação do Ciclismo, prova Contrarelógio masculino.Foto: William Lucas/Exemplus/COB2016-09-21T16:21:00ZJoão Pessoa - 21/09/2016 - Jogos Escolares da Juventude 2016 - Etapa 12 a 14 - Cerimônia de premiação do Ciclismo, prova Contrarelógio masculino.Foto: William Lucas/Exemplus/COB
Atividades esportivas são realizadas durante Semana Estadual da Pessoa com Deficiênciahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=7014&RootFolder=/Galeria de FotosAtividades esportivas são realizadas durante Semana Estadual da Pessoa com DeficiênciaGcomMT/Maria AnffeAtividades esportivas são realizadas durante Semana Estadual da Pessoa com Deficiência