Seduc visita Centro Sebrae de Sustentabilidade para rever padrõeshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Seduc-visita-Centro-Sebrae-de-Sustentabilidade-para-rever-padrões.aspxSeduc visita Centro Sebrae de Sustentabilidade para rever padrões<img alt="" height="169" src="/Galeria%20de%20Fotos/AsIdNMid6rtODnJSjNXW3iXyzASqt0W10qWqtlGH2hJ_.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p style="text-align:justify;"> </p><p style="text-align:justify;"><img alt="AmF-BM8eZ6cSNzDt91xa22I_maG6UveR47qObU0s6o7d.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Seduc-visita-Centro-Sebrae-de-Sustentabilidade-para-rever-padrões/AmF-BM8eZ6cSNzDt91xa22I_maG6UveR47qObU0s6o7d.jpg" style="margin:0px;width:510px;height:286px;" />​<font size="2">Em fase de implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) se prepara para mudar o atual padrão de produção e consumo. A meta é inserir na secretaria ações voltadas para a economia de energia, redução de resíduos sólidos, combate ao desperdício, entre outras estratégias em sustentabilidade. Para isso, a Seduc está em contato com entidades como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que é referência em gestão socioambiental. <br><br></font><font size="2">Em junho, equipes das superintendências Administrativa (SUAD) e de Diversidade (SUDE), por meio da gerência de Educação Ambiental da Seduc, visitaram o Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS), em Cuiabá. O prédio do CSS foi projetado de acordo com os princípios da construção sustentável, sendo a primeira edificação mato-grossense com o selo Procel Edifica, como exemplo em Eficiência Energética e conforto ambiental. O selo ressalta a importância e a necessidade de reduzir o consumo de energia, seja para poupar recursos naturais ou como forma de diminuir custos das empresas. <br><br></font><font size="2">De acordo com a superintendente Administrativa da Seduc, Carolina Curvo, a visita teve como objetivo conhecer iniciativas como a utilização de energia solar, separação de lixo, diminuição da geração de resíduos, economia de água, entre outros. “A Seduc está em fase de análise de implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) e, por isso, tem buscado conhecer estratégias inovadoras que repensem os atuais padrões de produção e consumo, os objetivos econômicos, inserindo componentes sociais e ambientais”, pontuou. </font></p><p style="text-align:justify;"><font size="2"><img alt="AnXyHEzuNMrLYH8sjB8PY1DkDkB5cKnXURBqlvGWkO4S.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Seduc-visita-Centro-Sebrae-de-Sustentabilidade-para-rever-padrões/AnXyHEzuNMrLYH8sjB8PY1DkDkB5cKnXURBqlvGWkO4S.jpg" style="margin:0px;width:510px;height:286px;" /><br><br></font><font size="2">Ela explica que a A3P é um programa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) que tem como objetivo estimular a mudança de atitude dos funcionários públicos para que os critérios de gestões socioambientais sejam inseridos em suas atividades rotineiras. “O programa tem sido implementado por diversos órgãos e instituições públicas e pode ser usado como modelo de gestão socioambiental por outros segmentos da sociedade”, informa, destacando que o próximo passo na secretaria é a criação de uma comissão interna que discutirá ações a serem implantadas no órgão. <br><br></font><font size="2">As principais metas do programa são: combate a todas as formas de desperdício dos bens públicos e recursos naturais; inclusão de critérios socioambientais nos investimentos, compras e contratações públicas; gestão ambiental dos resíduos, incluindo a parceria com cooperativas de catadores de lixo para geração de trabalho e renda; formação continuada dos servidores públicos em relação aos aspectos socioambientais e de melhoria da qualidade do ambiente de trabalho; e reacender a ética e a autoestima dos servidores públicos, principalmente em relação ao atendimento de interesses coletivos. </font></p>Seduc visita Centro Sebrae de Sustentabilidade para rever padrões
Inscrições para concurso de redação sobre Rondon encerram na segunda-feirahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Inscrições-para-concurso-de-redação-sobre-Rondon-encerram-na-segunda-feira.aspxInscrições para concurso de redação sobre Rondon encerram na segunda-feira<img alt="" height="188" src="/Galeria%20de%20Fotos/9da055cf61e69e5755ace139fd841992.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>​Atenção gestores! O prazo para as inscrições do concurso de redação Marechal Rondon 150 Anos se encerra na próxima segunda-feira (06/07). Ao todo, o evento contabiliza 182 unidades escolares inscritas, até hoje (02/06).</p><p>O concurso, com o tema "Rondon: De sertanista sonhador a desbravador de fronteiras, é dirigido para a rede estadual de ensino e o preenchimento da ficha deve ser realizado pela internet (<a href="/"><span style="text-decoration:underline;">www.seduc.mt.gov.br</span></a>). <br><br>Todo o edital do concurso pode ser conferido na página da Seduc. Os alunos e professores orientadores na etapa estadual receberão prêmios, e as escolas, um kit multimídia. Os vencedores serão homenageados no Palácio Paiaguás pelo governador Pedro Taques. <br><br>O concurso de redação permite que os alunos possam conhecer mais da história do marechal Cândido Rondon, além de um incentivo à leitura. As inscrições são gratuitas. <br><br><strong>Sobre Rondon</strong> <br>Conforme decreto assinado pelo governador, 2015 foi estabelecido o Ano de Rondon. Patrono das Comunicações, o mato-grossense completaria 150 anos no dia 5 de maio passado. </p><ul style="list-style-type:disc;"><li><a href="/Paginas/Concurso-Marechal-Rondon.aspx"><span style="text-decoration:underline;"><strong>Página do concurso acesse aqui.</strong></span></a><strong> </strong></li><li><a href="/SiteAssets/Paginas/Concurso-Marechal-Rondon/Edital-de-Prorrogação.pdf"><span style="text-decoration:underline;"><strong>Edital de prorrogação acesse aqui.</strong></span></a> </li></ul><p><br> </p>Inscrições para concurso de redação sobre Rondon encerram na segunda-feira
Secretário pede regime de colaboração com os municípioshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Secretário-pede-regime-de-colaboração-com-os-municípios.aspxSecretário pede regime de colaboração com os municípios<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/CeciliaMeireles-altafloresta.JPG" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p><font size="2"><img alt="dombosco-altafloresta.JPG" src="/PublishingImages/Paginas/Secretário-pede-regime-de-colaboração-com-os-municípios/dombosco-altafloresta.JPG" style="margin:0px;width:510px;height:340px;" /></font> </p><p><font size="2">Em visita às cidades de Alta Floresta, Paranaíta e Porto do Gaúchos, o secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, defendeu que Estado passe a atuar nesta área em regime de colaboração com os municípios. Ele esteve durante dois dias (29 e 30.06) reunido com prefeitos, profissionais da educação e secretários municipais. <br><br></font><font size="2">Em Alta Floresta, o secretário reafirmou a posição de atuar em conjunto com os executivos municipais para que se possa fazer frente às demandas, que são inúmeras. O secretário conheceu in loco as necessidades de escolas das três cidades e refirmou que não existe recursos para atender todas as reivindicações. <br><br></font><font size="2">Sobre as cobranças nos municípios, Permínio respondeu que “é natural que ocorra porque em 12 anos foram poucas ações”. “Nestas visitas, além de conhecer as demandas, conversamos com trabalhadores da educação e com os gestores para definir as prioridades”, disse o secretário. <br><br></font><font size="2">Recebido pelo prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra, Permínio explicou como assumiu a Secretaria, os investimentos feitos até o momento e as ações em andamento, como a implantação da comissão que analisa o sistema de ensino adotado no Estado, o Ciclo de Formação Humana. <br><br></font><font size="2">Ele enfatizou que está em diálogo permanente com os profissionais da educação e aberto às críticas, sugestões e reclamações. Na reunião com a secretária de Educação de Alta Floresta, Lenita Kroker, Permínio disse que equipes da Seduc da Gestão e do Transporte Escolar estarão no município para fazer um trabalho de redimensionamento dos alunos e das rotas do transporte. <br><br></font><font size="2">Outro problema existente no município é a construção do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), paralisado há mais de um ano, no qual foi empregado mais de R$ 400 mil, cuja construção está condenada. Após uma limpeza no local, técnicos vão buscar alternativas para evitar mais prejuízos. <br><br></font><font size="2">Também em Alta Floresta, o secretário visitou o Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro). Em seguida, Permínio se reuniu com o prefeito de Paranaíta, Tony Rufatto. Na oportunidade, o titular da Seduc participou das comemorações alusivas aos 36 anos da cidade e visitou a reforma na escola Mário Correia da Costa, que está sendo executada em parceria com a Prefeitura. <br><br></font><font size="2">Em Porto dos Gaúchos, a reunião foi com os profissionais da educação, prefeito Moacir Piovesan, o Baixinho, e a secretária municipal Flávia Ferreira Muniz. “A educação pública é um desafio permanente, precisamos trazer um ambiente melhor para o aluno”, disse o secretário. <br><br></font><font size="2">O prefeito agradeceu o empenho do gestor e se colocou à disposição do Estado em busca de parceria. O prefeito afirmou que esta foi a primeira vez que a cidade recebia a visita um secretário de Educação. <br><br></font><font size="2">Durante as visitas, o secretário reiterou que dos entes federados os municípios são os que mais sofrem. “Se o Estado e os municípios se juntarem, fazer um efeito cinético, passaremos a enxergar a escola e não dividida entre estadual e a municipal. Da parte da Seduc, queremos estar mais próxima dos municípios”, concluiu. </font></p>Secretário pede regime de colaboração com os municípios
Concurso de redação da DPU valoriza trabalho coletivo do corpo escolarhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Concurso-de-redação-da-DPU-valoriza-trabalho-coletivo-do-corpo-escolar.aspxConcurso de redação da DPU valoriza trabalho coletivo do corpo escolar<img alt="" height="200" src="/Galeria%20de%20Fotos/concursoDPU.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p>Um concurso de redação diferente, que oferece premiação ao estudante, ao professor e à escola, valorizando o trabalho coletivo, acaba de ser lançado pela Defensoria Pública da União (DPU) em parceria com o Consed. As inscrições terminam em setembro, mas a preparação não pode demorar, porque o objetivo é envolver todo o corpo escolar em torno do debate dos direitos da cidadania da população. Serão premiados 42 estudantes, 14 professores e três escolas com valor total de R$ 83.200. </p><p>O 1º Concurso de Redação da DPU está sendo oferecido para escolas da rede pública de todo o país. No total, serão concedidos prêmios para as três melhores redações de 14 categorias de estudantes, sendo que o primeiro colocado de cada categoria ainda premia também o professor que trabalhou o tema na turma do vencedor. As três escolas que organizarem as melhores estratégias de mobilização dos alunos ganharão o maior prêmio, no valor de R$ 10 mil, cada uma.</p><p>O tema do concurso, Eu tenho direito e a DPU está comigo!, deve ser debatido nas escolas tanto em ambiente de ensino como em atividades extraclasses, por meio dos professores. As redações precisam ter entre 20 e 30 linhas e devem ser escritas em sala de aula e em formulário próprio, que pode ser baixado do endereço de internet <a href="http://www.dpu.gov.br/concursoredacao2015/"><span style="text-decoration:underline;">http://www.dpu.gov.br/concursoredacao2015/</span></a>, onde também pode ser consultado o regulamento de inscrição e impresso o material de divulgação interna.</p><p>As 14 categorias de redação dos estudantes são divididas entre alunos matriculados no ensino regular e na modalidade de educação para jovens e adultos (EJA), alcançando do 6º ano ao 9º ano do ensino fundamental e os três anos do ensino médio. Em cada categoria, o vencedor ganha R$ 1 mil, o segundo colocado R$ 500 e o terceiro R$ 300. O professor que organizou os debates da redação vencedora ganha R$ 2 mil. O envio das redações deve ser feito pela escola até o dia 4 de setembro.</p><p>O papel das escolas no concurso de redação da DPU tem grande importância. Além de serem responsáveis por inscrever as redações dos seus alunos concorrentes - somente uma por cada categoria, após seleção interna -, as instituições também podem ser premiadas pela estratégia de mobilização e sensibilização do seu corpo discente. As escolas poderão inscrever suas estratégias acompanhadas de vídeos e fotos para detalhar melhor as ações.</p>Concurso de redação da DPU valoriza trabalho coletivo do corpo escolar
E.E. Febrônio Rodrigues realiza palestra de combate ao uso de drogashttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/E-E--Arthur-da-Costa-e-Silva-realiza-palestra-de-combate-ao-uso-de-drogas.aspxE.E. Febrônio Rodrigues realiza palestra de combate ao uso de drogas<img alt="" height="225" src="/Galeria%20de%20Fotos/DSC03626.JPG" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p style="text-align:justify;"><img alt="DSC03577.JPG" src="/PublishingImages/Paginas/E-E--Arthur-da-Costa-e-Silva-realiza-palestra-de-combate-ao-uso-de-drogas/DSC03577.JPG" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" />A escola E. E. Febrônio Rodrigues, no município de Torixoréu (560 km da Capital), realizou, no último dia 26 de junho, palestra sobre a prevenção do uso de drogas e seus efeitos prejudiciais no organismo e na vida familiar. O evento foi uma realização da unidade escolar, em parceria com as famílias, igreja Católica e Conselho Tutelar.</p><p style="text-align:justify;">"Essa é uma temática extremamente séria que deve ser trabalhada na nossa sociedade e nós enquanto escola, formadora de opinião, tem que realmente trabalhar esse tema com os nossos alunos", ressaltou a assessora pedagógica do município, Sílvia Figueiredo, ao falar sobre a importância do projeto.</p><p style="text-align:justify;">Os alunos mostraram muito interesse pelo assunto, contribuíram efetivamente com a palestra dando informações, tirando suas dúvidas. Além disso, os estudantes realizaram apresentação de Fanfarra, Teatro, Recital e musical.</p>E.E. Febrônio Rodrigues realiza palestra de combate ao uso de drogas
Drogas: Debate com estudantes encerra 13ª Semana de Prevençãohttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Debate-com-estudantes-encerra-programação-da-13ª-Semana-Estadual-de-Prevenção.aspxDrogas: Debate com estudantes encerra 13ª Semana de Prevenção<img alt="" height="169" src="/Galeria%20de%20Fotos/Médici%206.jpg" width="300" style="BORDER:0px solid;" /><p style="text-align:justify;">​​​<img alt="Médici 1.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Debate-com-estudantes-encerra-programação-da-13ª-Semana-Estadual-de-Prevenção/Médici%201.jpg" style="margin:0px;width:510px;height:286px;" /></p><p style="text-align:justify;">Estudantes lotaram o auditório da Escola Estadual Presidente Médici, no último dia 26 de junho, para debater a questão das drogas e suas consequências na vida dos usuários e de seus familiares. A programação encerrou a 13ª Semana Estadual de Prevenção ao Uso e Abuso de Drogas, realizada pelo Governo, em parceria com instituições privadas e públicas, entre elas as secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). </p><p style="text-align:justify;"><br>Na abertura, Glaucia Ribeiro, da coordenadoria de Projetos Educativos da Seduc, destacou que é importante dialogar com os jovens sobre o assunto, reduzir os danos familiares, entre outras questões. “Muitos adolescentes acabam se envolvendo por falta de informação, por curiosidade, pela pressão do grupo. Então, estamos alertando, buscando prevenir a juventude, fazendo uma reflexão junto com os alunos”, informou. </p><p style="text-align:justify;"><br>Em um bate-papo descontraído, o evento reuniu, além dos alunos da Pres. Médici, estudantes das escolas estaduais José Magno e Ferreira Mendes, e contou com a participação do consultor sobre prevenção às drogas, José Antônio Vieira, do professor mestre Alberico Cony Cavalcanti, da psicóloga do sistema penitenciário, que atua na coordenadoria estadual de Políticas Sobre Drogas, Eunice Teodora dos Santos, do psiquiatra Josemar Barreto, do advogado especialista na área de direito civil, difusos e coletivos Josemar Barreto Junior e da psicóloga Joana D’ arc de Moraes (Centro de Atenção Psicossocial – CAPS/AD/VG). </p><p style="text-align:justify;"><br>Os especialistas, cada um na sua área, alertaram sobre o modo como se instala a dependência de drogas psicotrópicas. Mostraram que alguém quando procura o prazer que a droga pode proporcionar, geralmente, não imagina que corre o risco de se tornar escravo, sem espaço para mais nada em sua vida. Aspectos da personalidade, ambiente propício, curiosidade, carências sociais, desesperança também foram lembrados. </p><p style="text-align:justify;"><img alt="Médici 4.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Debate-com-estudantes-encerra-programação-da-13ª-Semana-Estadual-de-Prevenção/Médici%204.jpg" style="margin:0px;width:510px;height:286px;" /><br>Para chamar a atenção para o problema de forma lúdica o grupo de teatro Cena Onze fez uma esquete com a temática do crack. Um momento de bastante impacto foi exibição de uma reportagem produzida pelo Jornal Hoje, da Rede Globo, sobre parentes de viciados que saem às ruas à procura de filhos, irmãos e mães que abandonaram suas famílias por causa das drogas. </p><p style="text-align:justify;"><br>Para aluna do 1º ano do Ensino Médio, Julia Robert Ramos da Silva, ações como essa são importantes para alertar e levar informações para os jovens e adolescentes. “Debates despojados, com linguagem simples e direta, ajudam a conscientizar que o uso de droga e do álcool não é legal para a nossa vida”, alertou, destacando que eles também são disseminadores da informação, pois conversam e repassam o aprendizado para os pais e amigos. </p><p style="text-align:justify;"><br>A enfermeira do Centro de Saúde Quilombo Cibele Lemes, que participou de toda a programação da 13ª Semana Estadual de Prevenção, afirmou que é através da escola e da educação que se pode transformar a realidade vivida por muitos, e prevenir problemas causados pelo uso indiscriminado de drogas lícitas e ilícitas. “É muito triste ver a situação de jovens viciados e também de muitos pais que são usuários, o que acarreta outro problema: a violência doméstica contra as crianças”, alertou, ressaltando que é preciso se fazer algo, urgentemente. Segundo ela, é necessário qualificar o olhar do professor, dos gestores, dos servidores das escolas, para que todos fiquem atentos e identifique, ao menor sinal, que algo está errado com aquele estudante. </p><p style="text-align:justify;"><br>Já o professor de Física Elídeo José Meridi disse que o assunto precisa ser debatido com os jovens em profundidade. “A partir de uma ampla mobilização interdisciplinar e do diálogo aberto e honesto com os jovens é possível desenvolver um trabalho de prevenção ao uso indevido de drogas, faça sentido para os alunos”. </p><p style="text-align:justify;"><br>A Sejudh distribuiu para os participantes, camisetas, folders e cartilhas orientativas, além de revistas do projeto de prevenção “Diga sim à Vida”, com a Turma da Mônica Jovem e a Turma da Tina – uma iniciativa da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, do Ministério da Justiça em parceria com a Maurício de Souza Produções. As revistas trazem histórias que favorecem a reflexão sobre a prevenção do uso de diferentes drogas, além de outros comportamentos de risco. </p><p style="text-align:justify;"><br>A 13ª Semana Estadual de Prevenção ao Uso e Abuso de Drogas, idealizada pela Coordenadoria de Política Sobre Drogas (Coesd), vinculada à Sejudh, é uma parceria de instituições públicas e privadas, que têm a intenção de formar multiplicadores capazes de ampliar, articular e fortalecer a rede de proteção, prevenção e cuidado ao cidadão. A programação ocorreu entre os dias 19 e 26 de junho. </p><p style="text-align:justify;"><br>Denuncie o tráfico - Disk Denúncia – 197 ou 0800-653939 </p><p style="text-align:justify;">Procure ajuda – 0800 647 1222 </p>Drogas: Debate com estudantes encerra 13ª Semana de Prevenção

Último Vídeo ( + Vídeos )

 

 

Influência da Família no Processo de Ensino Aprendizagemhttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Influência-da-Família-no-Processo-de-Ensino-Aprendizagem--.aspxInfluência da Família no Processo de Ensino Aprendizagem
Língua Portuguesa, Leitura e Teatro na Escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Língua-Portuguesa,-Leitura-e-Teatro-na-Escola.aspxLíngua Portuguesa, Leitura e Teatro na Escola

 

 

Sarau Literário anima escola Marechal Dutrahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/Sarau-Literário-anima-escola-Marechal-Dutra-.aspxSarau Literário anima escola Marechal Dutra<p style="text-align:justify;">Trazer a discussão literária para mais próximo da vivência do aluno, contextualizando as obras e trabalhando a interlocução, com a intertextualidade. Esse foi um dos objetivos do Sarau Literário realizado na Escola Estadual Marechal Dutra, em Rondonópolis, nos dias 23 e 24 de junho. </p><p style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/sarau01.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /> </p><p style="text-align:justify;">O projeto visa resgatar a cultura de contar e ouvir histórias, recitar poesias, despertar o gosto pela leitura, envolvendo a comunidade escolar para ouvir boa leitura, escutar músicas, e curtir belas histórias através da leitura de livros, poesias, apresentação teatral, num momento de inovação, descontração e satisfação. A busca é ainda pela eficiência e qualidade do processo ensino aprendizagem assegurando um clima prazeroso.</p><p style="text-align:justify;">De acordo com a coordenadora pedagógica da unidade escolar, Liege Santos Pereira o Sarau encantou os estudantes, que se sentiram motivados a participar. "É necessário que o aluno vá ao encontro do saber. Neste aspecto, o projeto foi desenvolvimento por meio de pesquisas e aprofundamento na vida e obra de importante autores, de forma que impacte positivamente na vida de cada um, possibilitando maior unidade da comunidade escolar", pontuou.</p><p style="text-align:justify;"><img src="/Galeria%20de%20Fotos/sarau02.jpg" alt="" style="margin:0px;width:510px;height:383px;" /> </p>2015-07-02T04:00:00.0000000Z
CEAADA realiza Semana da Conscientização Sobre os Surdocegoshttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/CEAADA-realiza-Semana-da-Conscientização-Sobre-os-Surdocegos.aspxCEAADA realiza Semana da Conscientização Sobre os Surdocegos<p style="text-align:justify;">​​</p><p style="text-align:justify;"><span style="line-height:1.6;">O Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo (CEAADA) realizou, entre os dias 22 e 26 de junho, no auditório da Escola Estadual Antonio Cesário Neto, a I Semana da Conscientização Sobre os Surdocegos. O objetivo foi promover a reflexão, discussão e compartilhamento de pensamentos e experiências.</span><br></p><p style="text-align:justify;"><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/02.jpg" alt="02.jpg" style="line-height:20.7999992370605px;margin:5px;width:510px;" />​<br></p><p style="text-align:justify;">A abertura do evento contou com palestra sobre "Direitos  das Pessoas Surdocegas", com o professor e gerente da Educação Especial, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), Marcino Benedito, que abordou a definição de Surdocegueira, desde características etiológicas, técnicas, funcionais e empíricas.</p><p style="text-align:justify;">Na programação, oficinas e debates, amostragem pedagógica, produção dos objetos de referência pessoal dos profissionais do CEAADA, exibição de vídeo, entre outros. "O evento foi de grande importância para os alunos e suas respectivas famílias, professores e funcionários, profissionais envolvidos no processo do ensino aprendizado do aluno surdocego, e os que atendem as salas multifuncionais", destacou a diretora da unidade, Zenilda Ribeiro de Oliveira.</p><p style="text-align:justify;">De acordo com a gestora, o trabalho contribuirá para deixar claro que toda a legislação destinada às deficiências, independentemente de serem nacionais ou internacionais, buscam derrubar barreiras e preconceitos acerca das diferenças que são explicitadas nas várias condições.</p><p style="text-align:justify;">A equipe idealizadora do evento foi composta pelos professores Valdenice Nunes da Costa, Mariluce Araujo dos Santos, Cenilza Vieira, Luzia Barbosa Ferreira, Irene Francisca da S. Florêncio, Simone Gardes Dombroski, Katiane Santos Lara e Alcinéia Santos Ribeiro, Glaucia Inês Paes de Barros e profissionais da Equipe Multidisciplinar: Silvana Sampaio (psicopedagoga), Ricardo Gonçalo Moreira (psicólogo) e Maria Clédiga da Silva (assistente social). </p><p>O evento contou com a participação da professora Luzinete Maria, Técnica da Educação Especial da Secud/MT, professor Riguel Brum, representante do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (CASIES ) e professora Norma Sales, representando o Centro de Atendimento do Surdo (CAS).</p><p><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/01.jpg" alt="01.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:382px;" /><br></p><p><img src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/04.jpg" alt="04.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:382px;" /><br></p>2015-06-30T04:00:00.0000000Z
Concurso interno para escolha de brasão é realizado em escolahttp://www.seduc.mt.gov.br/Paginas/ELEIÇÃO-DA-BANDEIRA-DA-ESCOLA.aspxConcurso interno para escolha de brasão é realizado em escola<p><br></p><p>​​A Escola Tancredo de Almeida Neves, fundada em 1986 e instalada no Jardim Leblon, em Cuiabá, realizou processo de eleição do Brasão que será o símbolo da unidade escolar. O projeto teve como objetivo tornar a escolha um momento democrático e, ao mesmo tempo, de aprendizado e participação.</p><p><img alt="11391616_699446336867531_6379314592443397472_n.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/11391616_699446336867531_6379314592443397472_n.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:287px;" /> </p><p style="text-align:justify;">O processo teve início em abril de 2015, em que os alunos criaram o desenho e pintaram os temas e cores com liberdade. Ao todo, 400 alunos do Ensino Fundamental participaram da iniciativa. </p><p style="text-align:justify;">No início de junho, os desenhos foram apresentados aos demais estudantes, no pátio da escola, cada uma com um número. Alunos, professores e funcionários anotavam em uma cédula e colocavam em uma urna lacrada. </p><p style="text-align:justify;">Após terminado o processo de votação, foram chamados quatro alunos e dois funcionários para realizarem a contagem dos votos. As três bandeiras mais votadas foram colocadas no Facebook da escola (Tancredo de A. Neves), e a comunidade fez a escolha entre as três.</p><p>A bandeira nº 43, desenhada e pintada pelo aluno Carlos Daniel Alves da Guia, estudante do 8º ano do Ensino Fundamental, foi a vencedora. "O projeto, além de reforçar no aluno e na comunidade o entendimento sobre processos democráticos e transparentes, fez com que a comunidade se veja como coparticipante do contexto escolar, do processo ensino-aprendizagem", pontua a diretora da escola, Márcia Jamil, destacando que, consequentemente, a parceria escola e comunidade, escola e famílias, se fortalece.</p><p><img alt="11390302_699443936867771_3371091174481701065_n.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/11390302_699443936867771_3371091174481701065_n.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:383px;" /><br> </p><p><img alt="11400965_699444926867672_3528728940151665095_n.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/11400965_699444926867672_3528728940151665095_n.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:383px;" /><br> </p><p><img alt="10171280_699445960200902_5865755753343667414_n.jpg" src="/PublishingImages/Paginas/Forms/ARRUMADAS/10171280_699445960200902_5865755753343667414_n.jpg" style="margin:5px;width:510px;height:383px;" /><br> </p>2015-06-30T04:00:00.0000000Z

  
  
Tamanho da Imagem
  
  
  
Não há imagens a mostrar nesta exibição.

 

 

Visita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaítahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5089&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaíta2015-06-29T20:26:21ZVisita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaíta
Visita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaítahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5090&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaíta2015-06-29T20:31:51ZVisita à Escola Mário Corrêa da Costa em Paranaíta
Reunião no Cefapro de Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5097&RootFolder=/Galeria de FotosReunião no Cefapro de Alta Floresta2015-06-29T18:17:18ZReunião no Cefapro de Alta Floresta
Visita à Escola Cecilia Meireles em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5094&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta2015-06-29T19:07:13ZVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta
Visita à Escola Cecilia Meireles em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5093&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta2015-06-29T18:52:17ZVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta
Visita à Escola Cecilia Meireles em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5092&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta2015-06-29T19:11:18ZVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta
Visita à Escola Cecilia Meireles em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5091&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta2015-06-29T19:00:09ZVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta
Visita à Escola Cecilia Meireles em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5057&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta2015-06-29T18:52:17ZVisita à Escola Cecilia Meireles em Alta Floresta
IMG_8231http://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=4268&RootFolder=/Galeria de FotosIMG_8231Assessoria Seduc/MT2015-06-29T19:07:13ZIMG_8231
Visita à Escola Ouro Verde em Alta Florestahttp://www.seduc.mt.gov.br/Galeria de Fotos/Forms/DispForm.aspx?ID=5088&RootFolder=/Galeria de FotosVisita à Escola Ouro Verde em Alta Floresta2015-06-29T15:54:25ZVisita à Escola Ouro Verde em Alta Floresta