Conteúdo da Página
  
  
Seduc anuncia pacote de reformas em 25 escolas de Rondonópolis


A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) anunciou durante a 11º Caravana da Transformação, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), o maior pacote de renovação do ambiente escolar para a cidade, que contempla 25 obras nas unidades escolares do município.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, esse é o maior investimento do programa Pró-Escolas na cidade de Rondonópolis. O pacto de obras contempla minirreformas, reformas e reparos.

“Essas ações serão feitas com a liberação de verbas complementares e emendas. Deixo claro que esse é o maior pacote de renovação do ambiente escolar em Rondonópolis. É uma vitória para os estudantes e servidores da educação”, disse.

Além da liberação da verba emergencial para as unidades, foram assinadas ordens de serviço para a reforma geral em três unidades, sendo elas: EE Adolfo Augusto de Moraes; EE Emanuel Pinheiro e EE Marechal Dutra.

Para a EE Adolfo Augusto de Moraes, o documento sinaliza o aviso de licitação da reforma. Já para a EE Emanuel Pinheiro, é a organização da licitação da reforma geral. A EE Marechal Dutra foi contemplada pela ordem de serviço para a execução da obra da reforma.


O governador Pedro Taques participou da assinatura dos documentos e destacou o importante trabalho que a Seduc vem desenvolvendo com o Programa Pró-Escolas. “Entregamos 18 escolas neste ano. Mato Grosso não tinha escola em tempo integral, hoje temos 14, quarto aqui em Rondonópolis”, destacou.

Aos servidores que acompanhavam a cerimônia, governador destacou a importância no processo de ensino-aprendizagem. “Aqui, a pessoa mais importante não sou eu, nem os secretários ou os deputados. São os profissionais da educação. Quem muda, quem transforma e melhora o Estado, não somos nós e sim os servidores”.

Mais investimentos

Além das verbas emergenciais, a Seduc entregou tintas para a pintura de 11 escolas da cidade, equipamentos eletrônicos (computadores e impressoras) e mobiliários (cadeiras, conjunto de refeitório e conjuntos escolares). A instalação de 11 postos de transformação também foi viabilizada.

“Os postos representam a melhoria nas instalações elétricas das unidades para a instalação dos aparelhos de ar-condicionado. As escolas precisam ser climatizadas e estamos investindo nisso”, destacou o secretário Marrafon.

Para ele, o ano 2017 foi muito positivo. “Foi um ano de construção e de melhoria nas escolas. Estamos trabalhando com o processo de reforma de várias unidades, aqui em Rondonópolis, por exemplo, entregamos duas escolas novas para o ano que vem, vamos licitar mais três, incluindo uma escola modelo e uma escola militar Tiradentes”.


Renovação da educação

Divino Marinho, diretor do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Alfredo Marien, que atualmente conta com 1.200 alunos matriculados, recebeu o kit de tintas e 180 conjuntos escolares – formados por mesa e cadeira. Ele não escondeu a alegria durante a entrega dos materiais.

“Hoje o Ceja vive uma grande alegria, vendo nossos pedidos sendo atendidos. Nós esperávamos por isso há anos e hoje posso dizer que para ao no letivo de 2018, todas as nossas salas terão mesas e cadeiras renovadas e com as paredes pintadas”, destacou.

Segundo o diretor, quem ganha com essas ações são o aluno. “Uma estrutura física de qualidade beneficia o processo pedagógico, o aluno vai ganhar conhecimento dentro do conforto digno que ele merece em uma escola pública. A Seduc está renovando a nossa educação”.

Com mais de 800 matriculados, a EE Marechal Dutra será contemplada com uma reforma geral na estrutura física. A diretora da unidade, Antônia Moreira, contou que é um sonho que está sendo realizado.

“A comunidade escolar já sonhava com essa reforma, nossa estrutura atual é muito precária e nossos alunos merecem um novo ambiente escolar. Esse sonho com certeza se tornará realidade, em janeiro vamos nos mobilizar para que essa reforma comece”, finalizou.


Pró-Escolas

As escolas militares também fazem parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da história da educação estadual, com um orçamento de mais de R$ 360 milhões.

O principal objetivo da iniciativa é a melhoria do nível de aprendizagem, além da redução da evasão escolar em Mato Grosso.





11/12/2017Seduc-anuncia-pacote-de-reformas-em-25-escolas-de-Rondonópolis
Estudante de Chapada dos Guimarães é premiada em concurso da CGU

A estudante Emanuelly Santos, que cursa o 7º Ano na Escola Estadual Professora Ana Tereza Albernaz, em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), foi a vencedora da 9º edição do Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU).

A premiação aconteceu nesta terça-feira (05.12), na quadra da escola. A secretária adjunta de Gestão Educacional e Inovação da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Marioneide Kliemaschewsk esteve na unidade para acompanhar a cerimônia.

Nesta edição, o concurso abordou o tema "Todo dia é dia de cidadania", o objetivo foi despertar nos estudantes o interesse por assuntos relacionados ao controle social, ética e cidadania, usando a reflexão e o debate dos assuntos relevantes ao ambiente escolar.

A professora Clodoelma de Siqueira Xavier, também foi premiada. Ela foi a orientadora da estudante no desenvolvimento da redação, que abordou o significado da cidadania e o de ser um cidadão.

Nas palavras da estudante, ser cidadão é quando o indivíduo tem o conhecimento de seus direitos, mas também sabe que deve cumprir com seus deveres. "Entretanto, ser cidadão é muito mais que isso. Ser cidadão é, acima de tudo, honrar o título de brasileiro que todos nós carregamos", diz trecho da redação.

Emanuelly também lembrou em sua redação, que para ser um cidadão, é importante a participação na política do país, buscando formas para melhorias em várias áreas no país.

A estudante e a professora foram premiadas com um tablete e um certificado de participação do evento. 


06/12/2017Estudante-e-professora-de-Chapada-dos-Guimarães-são-premiadas-em-concurso-da-CGU
Governo vai criar Escola Militar em Sinop no próximo ano

O município de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) será contemplado com a criação de uma escola estadual modelo de gestão militar, fruto da parceria entre as Secretarias de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e de Segurança Pública (Sesp). A unidade deverá ser inaugurada já no próximo ano.

Na última quinta-feira (30.11), o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Marco Marrafon, se reuniu com o deputado estadual Dilmar Dalbosco e com os vereadores Luciano Chitolina e Adenilson Rocha para debater sobre o projeto. A reunião ainda contou com a presença do secretário adjunto de Relações Institucionais, João Creplive Neto, Coronel Marcos Roberto, responsável pelo projeto Anjos da Escola, do coronel Valter Luiz Razera e da assessora pedagógica de Sinop, Janaína Chitolina.

Durante o encontro, o vereador Luciano Chitolina ressaltou que a criação do projeto é um pedido da própria comunidade sinopense, que também tem visto o sucesso das escolas militares instaladas em outros municípios. “Estamos muito ansiosos em contar com uma escola que é referência em ensino e também em cidadania”, completou.

O secretário Marco Marrafon destacou que a unidade é um modelo de sucesso na educação estadual. “Só ouvimos coisas boas dos alunos, professores e de toda a comunidade que está envolvida no projeto. São eles que vão reconstruir o país e por isso que precisamos trabalhar firmemente para concretizar o sonho deles”.

A Seduc juntamente com a Sesp e a Câmara dos Vereadores de Sinop estuda em qual local a escola será instalada inicialmente, até que o projeto de construção seja concluído.

Unidades

Em 2017, após mais de 30 anos da criação da primeira escola militar de Mato Grosso, a Seduc, em parceria com os municípios e a Sesp, lançou mais quatro unidades: em Confresa, Juína, Nova Mutum e Sorriso. O modelo tem sido elogiado pelas comunidades e outros municípios têm se interessado em abrigar o projeto.

O modelo de escola funciona integrado com a Sesp – e tem como objetivo contribuir no processo de formação do cidadão. A escola segue a matriz curricular na rede estadual, com o desenvolvimento nos alunos do sentimento de amor à Pátria, da sadia mentalidade de disciplina consciente, do culto às tradições nacionais, regionais e do respeito à cidadania e aos direitos humanos.

É permitido aos militares ministrarem aulas na educação básica, desde que devidamente habilitados para docência nas áreas específicas, conforme os procedimentos para atribuição adotados pela Seduc.

Pró-Escolas

As escolas militares também fazem parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da história da educação estadual, com um orçamento de mais de R$ 360 milhões.

O principal objetivo da iniciativa é a melhoria do nível de aprendizagem, além da redução da evasão escolar em Mato Grosso.


05/12/2017Governo-vai-criar-Escola-Militar-em-Sinop-no-próximo-ano
Seduc divulga lista de inscritos para seletiva da Escola Plena

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgou nesta terça-feira (05.12) a lista de candidatos inscritos no processo seletivo para professores, coordenadores pedagógicos e orientadores pedagógicos de áreas para as Escolas Plenas, que funcionam em período integral em Mato Grosso.

Essa é a segunda parte da divulgação dos inscritos, que contemplam os municípios de Rondonópolis, Barra do Garças, Alta Araguaia, Jaciara, Paranatinga, Sorriso, São José dos Quarto Marcos, Poxoréu, Diamantino, São José do Rio Claro e Campo Novo do Parecis.

No final do mês passado foram divulgadas as listas dos inscritos para as escolas de Cuiabá e Várzea Grande.

Além disso, foi divulgado ainda a errata do edital do seletivo, conforme já informado pela Seduc.

Para conferir as listas, bem como o local e o horário das avaliações, clique aqui

Errata

As avaliações nos municípios de Araputanga e São José dos Quarto Marcos tiveram as datas alteradas por conta de um feriado municipal. 

Já a avaliação para os candidatos da Escola Plena Nilo Póvoas, em Cuiabá, que aconteceria na sede do Cefapro, foram transferidas para a Escola Plena José de Mesquita, que fica ao lado do centro de formação. 

A lista atualizada da Escola Nilo Póvoas pode ser conferida aqui

Para a avaliação da Escola Plena José de Mesquita, a banca adicionou uma nova data para as avaliações, clique aqui para ver o novo calendário

05/12/2017Seduc-divulga-lista-de-inscritos-para-seletiva-da-Escola-Plena
Seduc implantará Núcleo de Qualidade de Vida em Rondonópolis

As ações que visam melhorias na saúde física e mental dos servidores da rede pública de educação chegam em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), a partir desta quinta-feira (07.12), data em que a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) inicia a implantação do Núcleo de Qualidade de Vida na cidade.

A criação do núcleo ocorre em paralelo às atividades da 11º Caravana da Transformação, uma iniciativa do Governo do Estado, que ocorre em Rondonópolis até o dia 17 de dezembro.

De acordo com o secretário adjunto de Política de Gestão de Pessoal da Educação, Édiulen Jesus de Arruda, a implantação do núcleo vai além das ações voltadas para a saúde, mas também visa o resgate e a reaproximação do servidor junto ao órgão.

“Esse é o quinto núcleo que implantamos fora de Cuiabá e já sentimos mudança na postura e na visão dos nossos servidores, eles estão mais orgulhosos de se sentirem parte da Seduc, de serem profissionais da Educação. E é isso que a gente busca também”, lembrou.

Idealizado pelo Programa Pró-Escolas, o Núcleo de Qualidade de Vida já é uma realidade nos municípios de Tangará da Serra, Juara, Juína e Barra do Garças.

O secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, estará presente na cerimônia de implantação, junto com o governador Pedro Taques.

Para Marrafon, o núcleo tem sido importante para cuidar de quem faz a diferença dentro e fora das salas de aula, cuidado dos estudantes. “Qualidade de vida e política de reconhecimento dos profissionais são um complemento para que haja um bom ambiente de aprendizado”, lembrou.

Serviços

Para cuidar da saúde física e mental, o núcleo irá disponibilizar atividades como hidroginástica, natação, musculação, zumba, muay thai e treinamento funcional.

Além disso, no evento, os servidores poderão retirar as carteirinhas funcionais e realizar atendimentos especiais, como teste glicêmico, atendimento jurídico, avaliação física e aferição de pressão arterial.

O evento está marcado para começar às 19h na Escola Estadual Major Otávio Pitaluga, localizada na Avenida Amazonas, 789, Centro. 


05/12/2017Seduc-implantará-Núcleo-de-Qualidade-de-Vida-em-Rondonópolis
Seduc inicia cadastro para Matrícula Web nesta terça-feira

Começa nesta terça-feira (05.12) o cadastro para pais, responsáveis ou alunos maiores de idade, que buscam uma vaga ou transferência na rede estadual de ensino. Essa é a primeira etapa do processo para a efetivação da matrícula online, que ocorre em janeiro.

Conforme Rodrigo Jacob, do Núcleo de Fluxo Escolar da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), o cadastro vale apenas para alunos que ainda não pertencem ao quadro da unidade escolar.

“Mas, vale ressaltar, que isso inclui aqueles que ingressaram nas etapas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, transferidos de rede de ensino ou os que apresentam situação de desistente e abandono no SigEduca”, ressaltou.

O cadastro dos usuários segue até o dia 19 de janeiro. Esse acesso vai gerar um login – nome do usuário e senha de acesso – e será realizado pela pessoa que solicitará e comparecerá à unidade escolar para fazer a confirmação da matrícula do aluno.

Para isso, os interessados deverão acessar o site da Seduc e clicar no banner da Matrícula Web, que estará disponível a partir das 8h desta terça-feira. Na nova página, o usuário deverá informar o e-mail, RG, CPF e telefone. Para aqueles que já possuem o cadastro, o login é o mesmo.

A Matrícula Web começa em janeiro de 2018 e terá três momentos. Um voltado para a matrícula nas creches; depois só para as escolas de Cuiabá; e finaliza com as demais unidades em Mato Grosso. Veja o cronograma:

08 e 09 de janeiro de 2018: matrícula para as unidades de Educação Infantil (UEEI) Creches;

11 e 12 de janeiro de 2018: matrícula para as escolas participantes da 1º etapa, só no município de Cuiabá.

16 a 19 de janeiro de 2018: matrícula para as escolas participantes da 2º etapa – demais municípios do Estado, com exceção de Cuiabá. 

04/12/2017Seduc-inicia-cadastro-para-Matrícula-Web-nesta-terça-feira
Liceu Cuiabano vence projeto "Onde há educação, a corrupção não tem vez"

A EE Liceu Cuiabano Maria de Arruda Müller foi a grande vencedora do projeto “Onde há educação, a corrupção não tem vez", organizado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, Espore e Lazer (Seduc) e as secretarias municipais de educação de Cuiabá e Várzea Grande.

A fase final do projeto foi realizada na última sexta-feira (01.12), no auditório das Promotorias de Justiça de Cuiabá. Durante a final foram realizadas apresentações artísticas, culturais e discursos contra a corrupção.

Ao todo, 23 escolas estaduais e municipais de Cuiabá e Várzea Grande participaram da competição, sendo que 10 delas foram classificadas e vão disputar o primeiro lugar.

O projeto foi dividido entre estadual e municipal: As grandes vencedoras da edição estadual foram a EE Liceu Cuiabano Maria de Arruda Müller, seguida da EE Jaime Verissimo de campos Junior e Porfiria Paula de Campos.

Na categoria municipal o concurso foi vencido pelos alunos da EMEB Dirce Leite. Caic Gonçalo Domingos de Campos ficou em segundo lugar e a EMEB Tenente Abílio em terceiro.


O secretário de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, participou da cerimônia de premiação do projeto.“É maravilhoso ver como os estudantes compraram esta ideia e estão empenhados no projeto, vi que algumas das apresentações podem, inclusive, servir de case e serem levadas para outras escolas”, disse.

Marrafon destacou que o combate à corrupção deve ser começado o quanto antes e que formar uma cultura de prevenção é fundamental. “Melhor ainda se for enquanto jovem, formar essa cultura, criar o que é chamado de proibição de retrocesso, que é quando já começamos a enxergar que certos hábitos são feios e que não são legais, isso imediatamente é explicado  e fica consolidado na cabeça dos jovens, reforçando o censo de retidão”, afirmou.


Projeto

O procurador Geral de Justiça, Mauro Curvo, afirmou que o projeto foi uma maneira encontrada para incentivar a cidadania desde cedo. “A melhor forma de combate à corrupção é a prevenção e quanto mais jovens, melhor”.

Desenvolvido pelo Ministério Público de Mato Grosso, em parceria com a Seduc e secretarias municipais de Cuiabá e Várzea Grande, o projeto teve início nas promotorias de Porto Alegre do Norte e Comodoro, sob a coordenação da promotora de Justiça Luciana Fernandes de Freitas, que estará em Cuiabá para participar da premiação. O sucesso do projeto foi tamanho que se tornou um programa institucional, com o apoio da Procuradoria Geral de Justiça, a ser replicado em todas as promotorias do Estado, sendo que Cuiabá e Várzea Grande foram escolhidas para dar início aos trabalhos.


O desafio lançado aos alunos teve três fases. A primeira, com caráter eliminatório, foi a elaboração de uma redação – com título, introdução, desenvolvimento e conclusão. A segunda, um projeto de artes de forma livre, que podia ser desenvolvido por meio de todas as vertentes artísticas, como poesia, dança, teatro, música, documentários, etc. A última prova, um discurso e apresentação

Os integrantes da equipe vencedora foram premiados com um tablet cada um. O professor-orientador da turma também ganhará um tablet. A escola cuja equipe sagrar-se vencedora receberá, ainda, o prêmio no valor de R$ 1 mil. Os demais estudantes ganharam medalhas por participação do projeto.


Participam da iniciativa nesta edição 10 unidades de Cuiabá e 13 de Várzea Grande. Na capital, são cinco estaduais: Liceu Cuiabano Maria de Arruda Muller, Dione Augusto Silva Souza, Rafael Rueda, Prof Heliodoro Capistrano da Silva e João Brienne de Camargo; e cinco municipais: Dejani Ribeiro Campos, Senador Darcy Ribeiro, José Luis Borges Garcia, Elza Luíza Esteves e Ranulfo Paes de Barros.

Em Várzea Grande, são oito estaduais: Júlio Strubing Muller, Professora Elizabeth Maria Bastos Mineiro, Dunga Rodrigues, Jaime Veríssimo de Campos Junior Jaiminho, Irene Gomes de Campos, Governador Jose Garcia Neto, Porfíria Paula de Campos e Manoel Correa de Almeida; e são cinco municipais: Lenine Póvoas, Dirce Leite, Abdala José de Almeida, Tenente Abílio e Caic – Gonçalo Domingos de Campos.





04/12/2017Liceu-Cuiabano-vence-projeto-Onde-há-educação,-a-corrupção-não-tem-vez
Governo anuncia a criação de duas novas escolas no município de Água Boa

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) anunciou, neste domingo (03.12), a criação de mais duas novas escolas no município de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), sendo uma escola de ensino integral vocacionada ao esporte. Há mais de 30 anos, a região não recebe uma nova unidade escolar.

Neste domingo, o secretário de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, se reuniu com vereadores, empresários, pastores de igrejas evangélicas, gestores escolares, representantes da agricultura familiar e o prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva, para debater sobre a criação das novas unidades e os investimentos para a educação no município. O encontro também contou com a participação do assessor especial da Casa Civil, Beto Correa.

Conforme o prefeito, a escola estadual mais nova do município foi construída em 1986, ocasião em que Água Boa tinha apenas 7 mil habitantes. “A nossa realidade mudou e hoje temos mais de 32 mil moradores no nosso município”, afirmou.


Durante o encontrou, Marrafon aproveitou para visitar as instalações das escolas estaduais Antônio Grohs e 9 de julho, além do terreno que abrigará uma nova escola de ensino médio.

Segundo o secretário, a nova unidade será modular, totalmente climatizada, contando com 12 salas de aula e capacidade para atender mais de mil alunos. A unidade será instalada no início de 2018.

Em seguida, a comitiva visitou o Ginásio de Esportes Domingos Zandoná, que irá abrigar uma escola de ensino integral vocacionada ao esporte, nos mesmos padrões da Arena da Educação, em Cuiabá. A Prefeitura se disponibilizou a ceder e adequar o espaço para receber a unidade.


“Será uma escola integral com a melhor qualidade de ensino e alimentação para as nossas crianças, esse é um projeto que temos muito orgulho e carinho. E por isso ficamos ainda mais felizes de implementá-lo aqui, nessa comunidade”, afirmou o secretário.

Ao final da manhã, Marrafon realizou a palestra: A Educação que Queremos no distrito de Santa Maria. O evento reuniu mais de 300 pessoas entre representantes de 42 Projetos de Assentamento Rural da região e membros da comunidade evangélica.


PRÓ-ESCOLAS

As obras fazem parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da história da educação de Mato Grosso, com um investimento de R$ 360 milhões para reforma e construções de unidades escolares em 2017 e 2018.

O programa visa a melhorar a qualidade de ensino e alavancar os indicadores educacionais no estado. Este ano, 18 novas unidades escolares já foram inauguradas.

No plano de ações do Programa constam ainda a melhoria dos resultados do Estado no IDEB; redução do analfabetismo da população com 15 anos de idade ou mais; valorização e capacitação dos profissionais da Educação; redução da evasão escolar; e a ampliação do número de escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, as Escolas Plenas.


 




04/12/2017Governo-anuncia-a-criação-de-duas-novas-escolas-no-município-de-Água-Boa
Premiação do projeto “Onde há educação, a corrupção não tem vez” será nesta sexta

Acontece nesta sexta-feira (1º), às 14 horas, no auditório das Promotorias de Justiça de Cuiabá, a grande final do projeto: “Onde há educação, a corrupção não tem vez”. Ao todo, 23 escolas estaduais e municipais de Cuiabá e Várzea Grande participaram da competição, sendo que 10 delas foram classificadas e vão disputar o primeiro lugar. As escolas finalistas são representadas por equipes, formadas por seis alunos e um professor-orientador.


O desafio lançado aos alunos teve três fases. A primeira, com caráter eliminatório, foi a elaboração de uma redação – com título, introdução, desenvolvimento e conclusão. A segunda, um projeto de artes de forma livre, que podia ser desenvolvido por meio de todas as vertentes artísticas, como poesia, dança, teatro, música, documentários, etc. A última prova, um discurso, será entregue à comissão organizadora e, por fim, apresentado à população. A equipe que somar o maior número de pontos, nas três fases, será a grande vencedora.


Os integrantes da equipe vencedora serão premiados com um tablet cada um. O professor-orientador da turma também ganhará um tablet. A escola cuja equipe sagrar-se vencedora receberá, ainda, o prêmio no valor de R$ 1 mil. Os demais estudantes ganharão medalhas por participação do projeto.


Desenvolvido pelo Ministério Público de Mato Grosso, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e secretarias municipais de Cuiabá e Várzea Grande, o projeto tem à frente, nestas duas comarcas, os promotores de Justiça, Miguel Slhessarenko Junior e Carlos Rubens de Freitas Oliveira Filhoque visitaram as escolas participantes durante o mês de outubro, falando sobre o tema “Combate a Corrupção).


O projeto “Onde há educação, a corrupção não tem vez” teve início nas promotorias de Porto Alegre do Norte e Comodoro, sob a coordenação da promotora de Justiça Luciana Fernandes de Freitas, que estará em Cuiabá para participar da premiaçãoO sucesso do projeto foi tamanho que se tornou um programa institucional, com o apoio da Procuradoria Geral de Justiça, a ser replicado em todas as promotorias do Estado, sendo que Cuiabá e Várzea Grande foram escolhidas para dar início aos trabalhos.


Escolas classificadas para a final: Em Várzea Grande, foram vencedoras seis escolas, três estaduais: Porfíria Paula de Campos, Jaime Veríssimo de Campos Junior “Jaiminho” Júlio Strubing Muller; e três municipais: Tenente Abílio da Silva Morais, Caic – Gonçalo Domingos de Campos Dirce Leite de Campos. Na Capital, quatro escolas, sendo duas estaduais: Liceu Cuiabano Dione Augusto Silva Souza e municipais: Elza Luíza Esteves Senador Darcy Ribeiro.


30/11/2017Premiação-do-projeto-“Onde-há-educação,-a-corrupção-não-tem-vez”-será-nesta-sexta
Seduc divulga lista dos inscritos para avaliação nas Escolas Plenas

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgou nesta quarta-feira (29) a lista dos candidatos inscritos no processo seletivo para professores, coordenadores pedagógicos e orientadores pedagógicos de áreas para as Escolas Plenas, que funcionam em tempo integral no Estado.

Ao todo, 1.411 profissionais se inscreveram para o seletivo, que contempla 22 escolas.

Neste primeiro momento, a Coordenadoria de Ensino Médio divulgou apenas as listas dos professores inscritos para as escolas de Cuiabá e Várzea Grande.

As entrevistas começam nesta quinta-feira (30) e só terminam na quarta-feira (13.12). A lista dos profissionais inscritos para as escolas do interior será divulgada nos próximos dias, já que as avaliações só começam semana que vem.

As entrevistas vão ocorrer na sede da Universidade Aberta do Brasil (UAB), Polo Cuiabá, localizada na Rua Comandante Costa, no Bairro Centro Sul, em Cuiabá.

No Centro de Educação de Jovens e Adultos Cesário Neto, no Bairro Bandeirantes. E na sede do Centro de Formação dos Profissionais da Educação (CEFAPRO), no Bairro Porto. 

Confira no final da matéria as listas dos convocados e os locais da avaliação. 

Errata

A Seduc destaca que no próximo Diário Oficial será publicada uma errata do edital do seletivo. Entre as mudanças, estão, por exemplo, o item 2.6, onde trata dos candidatos aprovados para coordenador pedagógico.

No texto antigo, diz que eles seriam referendados em votação pelos pares. Na retificação, o texto diz que "o candidato aprovado para a função de coordenador pedagógico deverá ser referendado em votação pelos seus pares".

Além disso, também foram retificados os itens: 4.4.3 – que trata dos critérios para a Avaliação de Desempenho Didático – e 1.3, que trará sobre a banca examinadora.

Listas de inscritos:

Escola Plena Clêinia Rosalina de Souza

Escola Plena Rafael Rueda

Escola Plena Padre João Panarotto

Escola Plena Antônio Epaminondas

Escola Plena José de Mesquita

Escola Plena Nilo Póvoas

Escola Plena Honório Rodrigues Amorim

 

29/11/2017Seduc-divulga-lista-dos-inscritos-para-entrevistas-nas-Escolas-Plenas
Terceira etapa do concurso da Seduc para cargo de professor começa sábado

Começa neste sábado (02.12) a avaliação didática dos candidatos que concorrem ao cargo de professor de Educação Básica. Esta é a terceira etapa eliminatória do concurso público da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc).

As avaliações ocorrem dias 02, 03, 09 e 10 de dezembro. Local e o horário da prova de cada candidato estão disponíveis no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) – realizador do certame.

Conforme o edital, a avaliação didática consiste na apresentação de uma aula com duração máxima de 20 minutos. Ela deverá ser elaborada pelo candidato e apresentada para uma banca examinadora, formada por três profissionais da Educação.

A apresentação deverá ser feita com base no plano de aula, desenvolvimento de aula e metodologia. Também está disponível no site do IBFC, o modelo de plano de aula, que deverá ser entregue no dia da avaliação.

Serão avaliados, dentro do desenvolvimento da aula, itens como a visão introdutória do assunto como fator motivacional, clareza na apresentação, domínio de conteúdo, sequência didática, síntese e conclusão no tempo previsto.

Uso adequado da língua portuguesa, capacidade de comunicação e ação docentes adequadas aos objetivos e conteúdo do plano. Consta no item 10.15 do edital que, sem a apresentação do Plano de Aula, o candidato será eliminado do concurso.

Portanto, a Seduc orienta que os candidatos revisem o edital, os locais de prova e que se preparem para as avaliações.


29/11/2017Terceira-etapa-do-concurso-da-Seduc-para-cargo-de-professor-começa-sábado
Inscrições para o ATESTO 2017/3 começam nesta quarta-feira

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e o Centro de Formação de Profissionais da Educação e de Atendimento a Pessoa Surda (Casies-MT) divulgou nesta quarta-feira (29.11) a ficha de inscrição para o ATESTO 2017/3.

O Atesto tem como finalidade avaliar e certificar a aptidão na tradução e interpretação de Libras/Português – para candidatos a intérprete educacional – e no ensino da Língua Brasileira de Sinais – para candidatos a instrutor.

As inscrições vão de 29 de novembro até o dia 1º de dezembro. Já a prova objetivo está marcada para o dia 06 e a prática no dia 07. O resultado final só será divulgado no dia 21.

Para fazer a inscrição, clique aqui.

Para ler o edital do seletivo, clique aqui.

 

29/11/2017Inscrições-para-o-ATESTO-20173-começam-nesta-quarta-feira-
Seduc divulga lista de inscrições deferidas no seletivo da Arena da Educação

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgou nesta terça-feira (28) a lista de inscrições deferidas para o processo seletivo de professores e funcionários da Escola Estadual Gov. José Fragelli, a Arena da Educação.

Todos os candidatos aptos vão passar pela etapa de entrevistas, que acontecem nesta quarta (29) e quinta-feira (30). 

Os candidatos devem comparecer no local com um documento oficial e original de identidade com foto. Senhas serão distribuídas por ordem de chegadas. 

Para conferir a lista dos candidatos deferidos, bem como o horário das entrevistas, clique aqui.


28/11/2017Seduc-divulga-lista-de-inscrições-deferidas-no-seletivo-da-Arena-da-Educação
Prazo para envio de formulário para Avaliação de Títulos termina no dia 1º de dezembro

Professores de Educação Básica que participam do concurso da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) têm até a próxima sexta-feira (01.12) para enviar o formulário para Avaliação de Títulos, conforme o item 11 do Edital n° 01/2017. O documento está disponível no www.ibfc.org.br até dia 30 de novembro.

Os candidatos devem preencher o formulário de cadastro de título e imprimir duas vias do comprovante, reter uma para si e enviar a outra, juntamente com os documentos probatórios, via Sedex, com AR (Aviso de Recebimento), indicando como referência no envelope “Avaliação de Títulos SEDUC/MT”, com data de postagem até o dia 01/12/2017.

Todos os documentos deverão ser apresentados em cópias frente e verso, autenticadas em cartório, cuja autenticidade será objeto de comprovação mediante apresentação de original e outros procedimentos julgados necessários, caso o candidato venha a ser aprovado.

Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir a avaliação com clareza. Mais informações podem ser obtidas no Edital.

A avaliação de títulos, de caráter exclusivamente classificatório, terá pontuação máxima de 9,0 (nove pontos), ainda que a soma dos valores dos títulos e dos comprovantes apresentados sejam superior a este valor.


28/11/2017Prazo-para-envio-de-formulário-para-Avaliação-de-Títulos-termina-no-dia-1º-de-dezembro
Escola utiliza obras de Romero Britto e jujubas para ensinar matemática

Escola cria projeto interdisciplinar que une matemática, cultura, artes e jujubas em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) para incentivar os alunos a estudar geometria. Os estudantes utilizaram os conhecimentos adquiridos em sala de aula para analisar as obras do pintor Romero Britto, do ponto de vista da matemática.


Ensinar matemática e prender a atenção dos alunos pode não ser uma das tarefas mais fáceis para os professores. Mas para os educadores da Escola Estadual Antônio Cristino Cortes a tarefa foi desenvolvida com louvor.


Os professores conseguiram incentivar os estudantes a resolver problemas utilizando a propriedade dos polígonos (soma de ângulos internos, números de diagonais), construir diversas formas e realizar a classificação das mesmas. Tudo isto de uma forma, aparentemente, inusitada com um projeto de intervenção de matemática: O estudo de polígonos e a arte cubista de Romero Britto em uma perspectiva interdisciplinar.


A iniciativa envolveu os professores Valeria Aparecida Lanzoni Zanetoni, Flávia Cristina Vicente de Souza Abadia, Geraldo Werley Mendes dos Santos, Gleyca Farias Vieira, Júlio Cesar Dias Teixeira, Roberta de Jesus Santos, Sênio Alexandre Xavier, além da diretora Adriana Marta Oliveira Aguiar.


Segundo a professora articuladora do projeto, Valeria Zanetoni, no início do ano foi identificado uma certa dificuldade dos estudantes com a disciplina e por conta disso, os educadores decidiram realizar o projeto.


"O objetivo inicial era calcular medidas de ângulos internos de polígonos regulares, e estabelecer relações entre ângulos internos e externos de polígonos, preferencialmente, vinculadas à construção dos mosaicos e de ladrilhamentos das obras".


De acordo com ela, a aprendizagem em matemática não se limita apenas a conceitos, mas sim na aplicação deles. E foi desta forma que os alunos puderam aplicar as aulas de geometria às obras artísticas. 


Desenvolvimento

O projeto durou aproximadamente oito meses, desde o seu desenvolvimento teórico até a aplicação prática dos estudantes. Cinco turmas do 1° ano do Programa Ensino Médio Inovador foram envolvidas, totalizando 146 alunos. As atividades foram realizadas em quartetos, para promover ação pedagógica e pesquisa em grupo, a adaptação da estrutura cognitiva.


No primeiro momento, foi realizado uma análise geométrica da obra intitulada Gato Perro Hug Laminas Canvas do artista brasileiro Romero Britto, quando os grupos fizeram registros dos polígonos identificados na obra, elencando os principais conceitos observados.


Em seguida, os alunos utilizaram jujubas para construir 18 polígonos regulares (triângulos, quadriláteros, pentágonos, icoságonos) e com diagonais de linha de crochê, a fim de acomodar as novas informações a estrutura.


Os jovens também desenvolveram e resolveram uma série de atividades para colocar em práticas os conhecimentos de álgebra e elaborar um mapa conceitual, para no fim realizar a transposição das telas escolhidas no vidro.


"O trabalho tinha como principal objetivo minimizar as fragilidades diagnosticadas no início do semestre. A proposta de inter-relação entre os Polígonos e a Arte Cubista de Romero Britto, foi utilizada para subsidiar a participação e a valorização do aluno na construção de sua estrutura cognitiva", concluiu.

28/11/2017Escola-utiliza-obras-de-Romero-Britto-e-jujubas-para-ensinar-matemática
Alunos de Confresa participam do I Inter Escolar de Xadrez

Alunos das unidades de ensino de Confresa (1.160 km a Nordeste de Cuiabá) participaram do primeiro Inter Escolar de Xadrez, que teve como objetivo despertar o espírito educativo entre os jovens, além de descobrir novos talentos na modalidade esportiva.

Ao todo, 46 alunos das escolas Teotônio Carlos Cunha Neto, Cb. José Martins de Moura, Vida e Esperança, Central, Millenium e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), participaram da competição.

Eles se reuniram no ginásio de esportes da EE Teotônio Carlos da Cunha Neto, onde foram divididos em categorias, entre eles, por equipe e individual.

A competição contou com a avaliação do professor Devacir Vaz, que é árbitro filiado da Federação Estadual de Xadrez. 



27/11/2017Alunos-de-Confresa-participam-do-I-Inter-Escolar-de-Xadrez
Estudantes se preparam para reviver Grease no palco do Cine Teatro Cuiabá

Estudantes da Escola Estadual André Avelino Ribeiro, localizada no Bairro CPA I, em Cuiabá, sobem ao placo do Cine Teatro Cuiabá nos dias 06 e 07 de dezembro para apresentar o musical “Nos Tempos de Grease”, uma releitura do clássico que se passava no começo da década de 1960.

O espetáculo é fruto do projeto Teatro Musical, um curso de 200 horas, promovido pelo Teatro Imagem, que tem como objetivo inserir o saber artístico cultural dentro das unidades públicas de ensino.

Desde fevereiro deste ano, a coordenadora da iniciativa, Jaqueline Roque, que também está na direção do musical, está empenhada – ao lado de sua equipe – para formar os jovens atores, que mesmo no estágio inicial do curso já participaram de aulas de dramaturgia e desenvolveram juntos o roteiro da peça.

“O roteiro foi construído pelos próprios alunos. Fizemos isso dentro da biblioteca. Eles trouxeram partes das suas vivências, exemplo de dois personagens, que são casos reais vivenciados por eles aqui na escola. Convidamos o Airton Lacerda, dramaturgo da On Broadway, para ajudar nessa construção”, conta.

Ao todo, 22 estudantes participam da produção, além de oito atores do Teatro Imagem. Jaqueline lembra que a produção conta com o envolvimento de cerca de 40 pessoas.

Arte como transformação

Eve Mello, de 15 anos, é aluna do 1º Ano do Ensino Médio. Ela nunca havia feito teatro até este ano. No espetáculo ela é uma das ‘Pink Ladys’.

“Nunca passou pela minha cabeça. Eu não conseguia sair de casa para comprar pão, eu tinha vergonha de falar com o atendente. Sou muito tímida”, disse.

Assim que as audições começaram, ela viu no teatro a oportunidade de vencer a timidez. “Decorei o texto que foi pedido, fiz o teste e passei. Desde que comecei, até aqui, muita coisa mudou. Comecei a me expressar mais, conversar mais, dançar, cantar, interpretar”, comemora.


Já para Bárbara Almeida, o peso de ser Sandy – a protagonista – não a faz se sentir diferente dos colegas. Com 16 anos, aluna do 2º Ano, essa é a primeira experiência com as artes cênicas.

“Minha amiga faz teatro e me contava como é, ela dizia que eu tinha que fazer. Quando surgiu essa oportunidade, vi que é difícil decorar texto e possível atuar”.

A jovem confessa que, depois da audição, quando viu que estava aprovada, até quebrou os óculos de tanta alegria.

“Agora vejo que a minha vida pode mudar, posso ser atriz. A nossa diretora, a Jaqueline, é uma mulher incrível, uma inspiração. Quando estamos na peça, percebemos que todo mundo é essencial, todo mundo é protagonista”.

Laryssa Miranda, de 15 anos, aluna do 2º Ano, argumenta que não se parece nem um pouco com Marta, a líder de torcida que vai dificultar a vida de Sandy e dos colegas.

“Não sou assim na vida real. Quando comecei a ler as falas, fiquei preocupada. Mas, como sou profissional, fui pegando o jeito. É uma experiência diferente”, garante.


Ela que já participava de teatros na igreja que frequenta, conta que o ponto alto do curso foi gravar as músicas do espetáculo em um estúdio.

“Foi muito legal. Não era como eu achava. Tinha que cantar, refazer, é bem trabalhoso, mas eu fiquei bem animada”.

Afinidades

Atuar, dançar e cantar não estava nos planos de Matheus Amorim, aluno do 2º Ano. Ele, que aos 16 anos sonha em ser escritor, diz que nunca teve experiência nenhuma na área.

No entanto, foi no curso que ele teve a oportunidade de aprender sobre a dramaturgia e brinca que o projeto é um “combo completo”.

“Entrei para escrever a peça e o resto aconteceu de forma natural. Aprendi a estruturar uma peça de teatro, um musical – que é mais complicado – então, está sendo uma experiência muito gratificante para mim”.


Jogador de basquete e lutador de capoeira, Marcos Yamamura, de 16 anos, também do 2º Ano, trouxe suas vivências de fora para o espetáculo.

“Não participei das audições, mas fui atrás para participar. Com a ajuda do nosso coreógrafo, acabei me encaixando”.

Para o estudante, unir suas afinidades na vida real e na ficção o deixou mais confiante na interpretação. Ele será o par de Marta.

O coreógrafo Henrique Ferreira ressalta que um dos pontos gratificantes do projeto é ver a evolução dos alunos.

“Desde a primeira audição até hoje, o crescimento pessoal deles é muito visível. Vê-los acertando as coreografias, se alinhando, é resultado de um trabalho coletivo”, finalizou.


Serviço

“Nos Tempos de Grease” vai além da paixão de verão de Sandy e Danny Zuko. A história ainda contará com problemas típicos de uma escola de Ensino Médio, além de um campeonato de Dança, onde todos se preparam para vencer.

A peça terá duas sessões diárias, às 15h e às 20h, com duração de 60 minutos. A classificação é livre.

Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) e podem ser adquiridos na EE André Avelino e na bilheteria do Cine Teatro, uma hora antes do espetáculo. Vale ressaltar que toda bilheteria do evento será revertida para custear a produção do musical.

Mais fotos do ensaio: https://www.flickr.com/photos/seducmt/






27/11/2017Estudantes-se-preparam-para-reviver-Grease-no-palco-do-Cine-Teatro-Cuiabá
Mais de 700 professores já se inscreveram para seletivo das Escolas Plenas

O Núcleo de Ensino Integral da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) registrou, em uma semana, 720 inscrições de professores que desejam atuar nas Escolas Plenas, unidades que funcionam em tempo integral no estado.

As inscrições, que começaram na última terça-feira (21), serão finalizadas na próxima segunda-feira (27).

Estão aptos para se candidatar ao processo os professores com licenciatura plena, efetivos ou contratos temporários nas áreas específicas de Linguagens, Ciências da Natureza, Matemática e Ciências Humanas, em efetivo exercício na rede Estadual de Ensino para desempenhar atribuições de professor, professor na função de orientador pedagógico de área ou coordenador pedagógico.

Ainda dentro dos requisitos, os candidatos devem ter inscrição e validação dos títulos e documentos no Processo de Atribuição da Seduc (PAS), para apresentar à banca no momento da realização da Avaliação de Desempenho Didático.

Os interessados devem se candidatar apenas para o município que se candidataram no PAS. É citado ainda a necessidade de ter disponibilidade de 40 horas semanais, não possuir dois concursos no Estado, não possuir dois vínculos, entre outros itens.

No ano letivo de 2017, a Seduc começou o projeto do ensino integral com 14 Escolas Plenas. Para 2018, já somam mais oito escolas novas no projeto, totalizando 22 escolas integrais.

Para isso, o candidato deverá preencher a ficha de inscrição.

O resultado dos candidatos deferidos e o local das avaliações sairá no dia 29. Já a avaliação de desempenho será realizada de 30 de novembro a 15 de dezembro.

O resultado final será divulgado no dia 18 de dezembro.

Conteúdo

Como base para o processo seletivo e também como forma de divulgar a proposta pedagógica e de gestão, que já é uma realidade em Mato Grosso desde o ano letivo de 2017.

O modelo foi implantado com a consultoria do Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), responsável pelo modelo da Escola da Escola, de Pernambuco, uma referência em ensino integral público no país.

Para acessar o conteúdo, clique aqui.

Veja onde estão as Escolas Plenas de Mato Grosso:

E. E. Carlos Hugueney - Alto Araguaia

E. E. João Sato - Araputanga

E. E. Nossa Senhora da Guia - Barra do Garças

E. E. Padre Arlindo Ignácio de Oliveira - Campo Novo do Parecis

E. E. José de Mesquita - Cuiabá

E. E. Antônio Epaminondas - Cuiabá

 E. E. Rafael Rueda - Cuiabá

E. E. Cleinia Rosalina de Souza - Cuiabá

E. E. Pe João Panarotto - Cuiabá

E. E. Nilo Póvoas - Cuiabá

E. E. Plácido de Castro - Diamantino

E. E. Antonio Ferreira Sobrinho - Jaciara

E. E. Apolônio Bouret de Melo - Paranatinga

E. E. Pe Cesar Albisetti - Poxoréo

E. E. Pindorama - Rondonópolis

E. E. Antônio André Maggi - Rondonópolis

E. E. Silvestre Gomes Jardim - Rondonópolis

E. E. Adolfo Augusto de Moraes - Rondonópolis

 E. E. São José do Rio Claro - São José do Rio Claro

E. E. Dep Bertoldo Freire - São José dos Quatro Marcos

E. E. Mario Spinelli - Sorriso

E. E. Honório Rodrigues Amorim - Várzea Grande

24/11/2017Inscrições-para-seleção-de-professores-para-Escola-Plena-termina-nesta-segunda
Alunos da rede estadual são diplomados no Programa Voto Consciente 2017

Alunos de cinco escolas da rede estadual participaram na manhã desta quinta-feira (23.11), da cerimônia de diplomação dos partidos eleitos no Programa Voto Consciente 2017, realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc).

Participaram da cerimônia estudantes e gestores das escolas: Heliodoro Capistrano Silva, Estevão Alves Correia, Clêinia Rosalina Souza, Irene Gomes de Campos e Elmaz Gattas Monteiro.

O programa, criado em 2011 pela Escola Judiciária Eleitoral do TRE-MT, tem como objetivo estimular a consciência cívica dos jovens do Ensino Médio, fortalecendo os princípios éticos e estimulando a participação política livre, democrática e consciente.

E foi assim que aconteceu. Os estudantes se mobilizaram e se dividiram em partidos, o vencedor foi o Partido da Cultura, do Esporte e Lazer. As eleições ocorreram entre os dias 23 e 27 de outubro, e ao todo, 1.158 estudantes foram às urnas escolher um dos cinco partidos.


Para o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, o evento é importante para fortalecer a democracia e conscientizar os estudantes para a importância do pleito eleitoral.

“Vejo humanidade em cada ato de vocês, cada debate, cada construção dos partidos. Teremos aqui verdadeiros combatentes em prol da cidadania. Esse dever é de todos nós, somos agentes da cidadania”, afirmou.

Marrafon ainda lembrou que atual cenário político é marcado por discursos de ódio e intolerância, que segundo ele, acaba com o que já foi conquistado.

“Não é isso que queremos. Iniciativas como essa do TRE fortalecem a nossa democracia. Estamos juntos com vocês, vamos evitar tanta mentira e evitar que a nossa democracia vire demagogia”, finalizou.


Aos 17 anos, Vinícius Henrique é alunos do 2º Ano do Ensino Médio na EE Elmaz Gattas, ele foi membro do Partido da Educação e do Meio Ambiente. Para ele, o projeto oportunizou a vivência como eleitor e como candidato.

“Conseguimos vivenciar na prática e na teoria o que é fazer política. Como eleitor e como candidato. As ações do projeto são interativas, então, inclui todos os estudantes por meio de palestras e outros trabalhos”, lembrou.

Participaram ainda da cerimônia o coordenador de Ensino Médio da Seduc, Rogério Gomes, o vice-presidente do TRE, desembargador Pedro Sakamoto, o diretor da Escola Judiciária Eleitoral, Ricardo Gomes de Almeida, e o vice-Diretor da Escola Judiciária Eleitoral, Ulisses Rabaneda dos Santos. 




23/11/2017Alunos-da-rede-estadual-são-diplomados-no-Programa-Voto-Consciente-2017
Projeto de Ceja de Jaciara promove resgate da cultura afro brasileira

Durante o mês de comemoração da Consciência Negra, o Centro Educacional de Jovens e Adultos (Ceja) Marechal Rondon, em Jaciara (144 km ao sul de Cuiabá), realizou uma série de atividades para resgatar a cultura afro brasileira dos estudantes.

Foram realizadas danças, músicas, lendas, culinária, desfile, brincadeiras entre outras atividades para despertar o conhecimento, quebrar paradigmas e preconceitos e ajudar na formação dos cidadãos.

O evento contou ainda com a participação do grupo de dança Maculelê, de São Pedro Da Cipa.

Todos os anos, o Ceja desenvolve um projeto de Arte e Cultura especial, e em 2017 o tema escolhido foi: Eu Negro.

Conforme a coordenadora pedagógica, Andreia Wedy Scarton, a iniciativa buscou desenvolver a valorização da cultura afro brasileira em todas as áreas de conhecimento dos alunos. Para isso, foram realizadas atividades culturais e pedagógicas em sala de aula, com estudos da história e cultura afro brasileira.


"O objetivo é envolver e despertar o entendimento e compreensão da data 20 de novembro, Dia da Consciência Negra".

Além de refletir a trajetória histórica dos africanos para o Brasil, os alunos foram levados a refletir sobre a dívida histórica com a etnia e as formas de romper com as barreiras do pré-conceito.

"Uma dessas maneiras é conhecer a cultura e deixar as raízes de todo e qualquer tipo de pré-conceito no passado, junto com a escravidão, período este que marcou vergonhosamente a história da humanidade", afirmou.


O Ceja contou com o forte envolvimento dos professores, coordenação pedagógica, direção, além do apoio de alunos e alunas.

 "Essas ações foram resultado de muito trabalho e dedicação da comunidade escolar que tornou esse momento lindo e ímpar neste Ceja", concluiu.

23/11/2017Projeto-de-Ceja-de-Jaciara-promove-resgate-da-cultura-afro-brasileira
1 - 20Próxima