Conteúdo da Página
  
  
Alimentação escolar de qualidade contribui para a aprendizagem, diz Marrafon


O secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Marco Marrafon, destacou nesta terça-feira (28.06) a importância do programa de melhoria de qualidade da alimentação escolar no processo de aprendizagem dos mais de 400 mil alunos da rede estadual de Mato Grosso.

Marrafon participou da cerimônia de abertura do Encontro Estadual do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), realizado entre os dias 28 e 29 de junho no auditório da Escola Estadual Liceu Cuiabano “Maria de Arruda Müller”, em Cuiabá. O evento conta com a participação de gestores, nutricionistas, conselheiros municipais e estaduais de mais de 100 municípios.

“Uma alimentação de qualidade faz toda a diferença na educação das nossas crianças e, por isto, temos trabalhado incansavelmente para melhorar as parcerias e fazer cumprir a legislação”, disse o secretário.

Marco Marrafon destacou ainda que, nas escolas integrais de Mato Grosso, a alimentação diária é de fato um diferencial. “Nas nossas 14 Escolas Plenas, e também na Arena da Educação, temos realizado um trabalho árduo, mas que nos dará muitos frutos, tanto no processo de aprendizagem – com a melhoria dos índices de ensino e redução da evasão escolar –, quanto na formação dos nossos cidadãos”.

Conforme Lizia Soares Penido, representante da Coordenadoria de Alimentação Escolar da Seduc, durante os dois dias de evento serão realizados debates e apresentações com o objetivo de fornecer informações técnicas e práticas referentes a todo o processo de fornecimento de alimentação nas escolas de Mato Grosso.

O evento irá apresentar o papel e os desafios do Conselho de Alimentação Escolar; a prestação de contas do PNAE; a aquisição de produtos da agricultura familiar; as diretrizes nutricionais e a promoção de ações de educação alimentar e nutricional nas escolas, entre outros assuntos.

A mesa de abertura ainda contou com a participação do Sebastião Jader Leite de Souza, coordenador-substituto de Educação e Controle Social (FNDE) e Diego Padilha, auditor do Tribunal de Contas da União (TCU).

28/06/2017Alimentação-escolar-de-qualidade-contribui-para-a-aprendizagem,-diz-MarrafonNovo
Seduc firma convênio com UFMT para ampliar projeto de Transmídias nas Escolas

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) vai firmar convênio com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para ampliar número de alunos atendidos pelo projeto Educominicação-Transmídias. A assinatura do termo será realizada nesta quinta-feira (29.06), na Arena Pantanal.

O convênio será assinado durante a cerimônia de entrega dos certificados dos alunos, às 14h, no auditório da Arena. Com a nova parceria, o projeto passará a atender a 800 crianças em 20 escolas de Mato Grosso.

Em 2015, a Seduc, juntamente com outros parceiros, criou o projeto piloto “Educomunicação, Ciência e outros Saberes: um estudo do trabalho colaborativo em narrativas transmídias”, com oficinas e palestras para ajudar a desenvolver a comunicação, bem como a utilização das mídias digitais, dos alunos.

A ação conta com o trabalho colaborativo de professores e alunos da UFMT e também do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

O projeto é desenvolvido em conjunto com professores e alunos, que após as oficinas criam diversos produtos de comunicação, como revistas, informes e jornais. Todo o conteúdo criado é disponibilizado em uma plataforma colaborativa coordenada pela UFMT, Plataforma +10 Educomunicação. 



28/06/2017Seduc-firma-convênio-com-UFMT-para-ampliar-projeto-de-Transmídias-nas-EscolasNovo
Cejas de Sinop e Colíder promovem encontro sobre práticas esportivas e culturais

​​

Mais de 100 alunos de dois Centros de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) participaram no último sábado (24.06) de uma confraternização voltada para o intercâmbio de vivências e práticas esportivas. O encontro aconteceu em Sinop, na sede do Ceja Benedito Santana Silva Freire.

De acordo com as informações de Rafael Lopes dos Santos, secretário do Ceja, os alunos de Sinop puderam passar o dia com os alunos do Ceja Cleonice Miranda, de Colíder, que conta com uma turma de indígenas, possibilitando um maior intercâmbio cultural entre os povos.

A programação começou com uma apresentação musical dos alunos envolvidos no projeto musical "Ceja Show" e, em seguida, os alunos foram divididos em times, masculinos e femininos, para disputar os jogos, como o de futsal.

"O encontro só finalizou no final da noite, com um jantar. Do ponto de vista pedagógico, tivemos um sábado letivo bastante produtivo", ressaltou Rafael. Segundo ele, a gestão analisa esse tipo de evento como fundamental para o enriquecimento do currículo escolar dos alunos da Educação de Jovens e Adultos.

"Além de proporcionar os vínculos de amizade, os eventos também propõem atividades extraclasses, consideradas importantes no desenvolvimento dos alunos. Um próximo encontro já está sendo planejado para acontecer na cidade de Colíder", finalizou o secretário escolar. 





27/06/2017Ceja-de-Sinop-e-Colíder-promovem-encontro-voltado-às-práticas-esportivas-e-culturaisNovo
Estudantes da rede estadual recebem kits pedagógicos anticorrupção

​​

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Seduc), em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU), o Instituto Cultural Maurício de Souza, o Ministério Público Federal (MPF) e a Justiça Federal, iniciou, na tarde desta segunda-feira (26.06), a entrega dos kits pedagógicos do Programa “Um por todos e todos por um”. A cerimônia ocorreu na Escola Estadual Sousa Bandeira, em Cuiabá, e contou com a participação de alunos, professores e autoridades.

Em Mato Grosso, a iniciativa contempla cerca de 16,3 mil estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental, de 85 unidades escolares, que irão receber o kit composto por manual, caderno de atividades, jogos, cartazes e histórias em quadrinhos. Os pesquisadores acreditam que, nesta faixa etária, as crianças já podem assimilar mais as ideias de ética e cidadania e gerar maiores transformações, tanto em suas vidas, quanto na comunidade.

De acordo com o secretário-adjunto de Política Educacional da Seduc, Edinaldo Gomes de Sousa, o projeto educativo tem como base a discussão da ética e da cidadania para estimular os futuros cidadãos a se envolverem com as questões sociais. “O objetivo é conscientizar a comunidade escolar de seu papel na sociedade e a importância da participação de todos na luta contra a corrupção”, afirmou.

Ele lembrou que a parceria foi lançada oficialmente para Mato Grosso em dezembro de 2016 e contou com representantes de todas instituições parceiras, incluindo o maior cartunista brasileiro voltado para o mundo infanto-juvenil, Maurício de Souza.

A superintendente da CGU em Mato Grosso, Karina Jacob Moraes, ressaltou que o programa conta com o auxílio dos personagens da Turma da Mônica disseminando entre as crianças valores relacionados à participação social, à democracia, ao respeito à diversidade e à responsabilidade pelo bem-estar coletivo.

“Também oferece aos alunos a oportunidade de conhecer e trabalhar, em atividades em classe e em família, conceitos como cidadania, democracia, interesse público, inclusão social, participação e autoestima. As historinhas serão contadas pelos professores e estudantes, despertando a consciência sobre nossos direitos e deveres”, mencionou Karina.

Ela apontou que em Mato Grosso, o programa está presente também na rede municipal de ensino de 10 municípios, atendendo cerca de 13 mil alunos. “Desde a sua primeira aplicação, em 2009, o programa já envolveu 400 mil alunos, 13 mil professores e 1.600 escolas de todo o país”, informou.

Formação

 

Durante a cerimônia na EE Sousa Bandeira, os organizadores entregaram certificados de participação aos professores da unidade escolar que realizaram a qualificação do programa.

Ao todo, mais de 200 professores dos 5º anos da rede estadual de educação participaram do curso, promovido pelos 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica do Estado de Mato Grosso. Além da capacitação presencial, os educadores recebem um material pedagógico para ser trabalhado nas escolas e mais uma etapa de capacitação de 40h online.

 

A professora Mariluce dos Santos Ferreira, do 5º ano D da EE Sousa Bandeira, destacou que o programa era aguardado com muita expectativa pelos educadores. “Nossos alunos estão em construção e é neste momento que se constrói a cidadania, a responsabilidade e a consciência cidadã. O programa só tem a contribuir com nossa formação e com o trabalho que a escola já desenvolve sobre a cultura da ética e da cidadania nos jovens”.


27/06/2017Estudantes-da-rede-estadual-recebem-kits-pedagógicos-anticorrupçãoNovo
Arena da Educação é exemplo para todo o país, diz ministro do TCU

Um exemplo para todo o país. Foi assim que o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, definiu a Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena da Educação, durante visita ao local na tarde desta segunda-feira (26.06). Em Cuiabá para participar de um evento voltado ao agronegócio, Nardes fez questão de conhecer o projeto da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), acompanhado do secretário Marco Marrafon, principalmente por se tratar de um modelo.

Ao conhecer as instalações da escola, que funciona dentro da Arena Pantanal, o ministro conversou com alunos e professores e ressaltou sua satisfação de conhecer de perto a ideia, que já vem gerando resultados positivos. Além disso, classificou o trabalho da Seduc como inovador. “Hoje eu vim aqui para verificar esse modelo com o intuito de ajudar outros estados que, a exemplo de Mato Grosso, podem aproveitar os espaços de grandes estádios como esse", disse.

No TCU, Nardes é relator da análise de controle dos Jogos Olímpicos de 2016. Ele explicou aos alunos que o trabalho do Tribunal é fiscalizar para onde vão os recursos públicos. Também ressaltou a necessidade de preservar o patrimônio público, uma vez que obras como a Arena Pantanal são construídas com dinheiro de toda a população. “É preciso cuidar desses espaços como se fossem a nossa própria casa”, observou. 

O secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, foi quem apresentou toda a proposta da Arena da Educação ao ministro, juntamente com o secretário adjunto de Esporte e Lazer, Leonardo de Oliveira, e profissionais da escola.

“Ficamos muito satisfeitos com a visita do ministro Nardes, uma vez que ele tem estudado a melhoria da governança do Estado Brasileiro. Na busca de pensar estrategicamente a melhor gestão pública, ele aceitou o nosso convite para conhecer o aproveitamento das estruturas esportivas que acontece aqui na Arena da Educação”, disse Marrafon.

Para o secretário, a avaliação de Nardes sobre a iniciativa da Seduc foi bastante positiva. “Isso apenas reforça que estamos trilhando o caminho certo, buscando sempre fazer uma gestão pública com eficiência, economia e resultados concretos para a população”, ressaltou.

Arena da Educação

Inaugurada no começo do mês passado, a Arena da Educação conta com 315 alunos matriculados no 7°, 8° e 9° Anos do Ensino Fundamental e 1º Ano do Ensino Médio. Além do currículo escolar, os alunos praticam dez modalidades esportivas: basquete, atletismo, skate, tênis de mesa, xadrez, futsal, luta olímpica, judô, natação e vôlei de praia. ​​

27/06/2017Arena-da-Educação-é-exemplo-para-todo-o-país,-diz-ministro-do-TCUNovo
Seduc divulga lista de inscritos para seleção no Programa Tutoria

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgou a lista das inscrições deferidas e indeferidas para a seleção de 13 professores que vão atuar no Programa Tutoria, realizado em parceria com a Fundação Itaú.

Esta quarta-feira (27.07) é o prazo da interposição de recurso contra o indeferimento de inscrição. O recurso deve ser encaminhado para o e-mail tutoria.seduc2017@gmail.com.

Devido à prorrogação do prazo de inscrição, que foi até o dia 23, todo o cronograma do processo seletivo – que estava disponível no edital – precisou ser alterado.

A prova escrita, que seria realizada no dia 23, passou para o dia 07 de julho, das 8h às 12h, na sede do Cefapro em Cuiabá.

Para acessar a lista das inscrições deferidas, clique aqui.

Para acessar a lista das inscrições indeferidas, clique aqui.

Para acessar o cronograma do processo seletivo, clique aqui. 

27/06/2017Seduc-divulga-lista-de-inscritos-para-seleção-no-Programa-TutoriaNovo
Creche promove olimpíadas com esportes e ações sociais

​​​

A Creche Estadual Maria Eunice Duarte Barros abriu nesta segunda-feira (26.06) a sua 18ª Olimpíadas com ações recreativas, esportivas, educativas e sociais. Envolvendo familiares, alunos e profissionais da educação, o evento conta com diversas ações educativas que estimulam a interação, a inclusão e a cooperação.

As Olimpíadas ocorrem durante toda a semana, com a cerimônia de encerramento no dia 30 de junho. Entre as principais atividades está o estimulo à doação de sangue, por parte dos familiares e amigos, ao Hemocentro.

Durante a cerimônia de abertura dos jogos, as equipes Verde e Azul realizaram uma caminhada no entorno da creche, entoando cantos de incentivo. Em Seguida, participaram do hino nacional e também assistiram ao aguardado momento da condução da tocha olímpica e acendimento da pira.


O secretário-adjunto de Políticas de Gestão de Pessoas da Educação Seduc, Édiulen Jesus, participou da cerimônia de abertura e elogiou a iniciativa, bem como o empenho dos educadores.

"Estas crianças são o futuro da nossa cidade e do nosso estado. Por isso, se desde cedo forem conduzidas desta maneira, com carinho, com noções de civilidade, cultura e inclusão, o nosso país estará em boas mãos", afirmou.

Segundo a diretora da unidade, Maria Benedita Pacheco, o principal objetivo do evento não é desenvolver a competividade dos pequenos, mas sim desenvolver o senso de esportividade e colaboração.


 

"A nossa principal motivação é promover a integração entre os pais, mães, familiares, professores e alunos da creche, por isso, a maioria das atividades é de ações cooperativas", afirmou

Conforme a diretora, uma das missões da creche é justamente a formação de cidadãos cada vez mais conscientes e, por isso, uma das atividades estimula os pais a participarem de doações de sangue. "As provas contam com a parceria da família, com gincanas sociais, entre outras atividades recreativas".

Quézia Gomes, mãe da pequena Valentina, de 4 anos, destacou a importância dos pequenos começarem cedo a aprender sobre inclusão e o civismo. "É muito bonito e legal ver eles já cantando o Hino Nacional e aprendendo a respeitar a Pátria, o próximo e os adultos. Este é o segundo ano em que a Valentina participa e ela gosta muito".

 

A Creche Maria Eunice conta com equipe de multiprofissional para atendimento das crianças, tendo professores, um psicólogo, dois técnicos de enfermagem, nutricionistas e assistente social.

 

CRONOGRAMA

Segunda-feira (26.06)

Prova de conhecimento.

Terça-feira (27.06)

Circuito

Prova de empurrar a bola

Corrida do pneu

Corrida do tapete

Quarta-feira (28.06)

Corrida

Corrida do sentado

Jogos das argolas

Encher a garrafa

Quinta-feira (29.06)

Cabo de guerra

Prova de conhecimento

Prova para profissionais

Dramatização

Prova surpresa

Sexta-feira (30.06)

Chute ao gol

Futebol

Prova das crianças e familiares

Prova de conhecimento para os pais

Prova de dança

Circuito

Entrega de materiais

Premiação e Cerimônia de encerramento 

26/06/2017Creche-estadual-promove-olimpíadas-com-esportes-e-ações-sociais
Melhoria do Ideb é tema de formação para professores da Baixada Cuiabana

O Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro) de Cuiabá começou nesta segunda-feira (26.06) a primeira etapa de um curso de formação voltado para professores das escolas da Baixada Cuiabana, voltado para a implementação das orientações curriculares, intervenções pedagógicas e a inclusão de estudantes da Educação Especial.

De acordo com Ezemar Mourão da Silva, diretor do Cefapro Cuiabá, a formação está focada na proficiência dos estudantes. “Estamos preocupados com várias questões, como por exemplo, a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb); além disso, vamos focar nas práticas e nas intervenções pedagógicas”, disse.

As intervenções, conforme lembra o diretor, são ações colaborativas para melhorar a aprendizagem dos alunos, com base em diagnósticos e análise de avaliações. Para isso, lembra a professora Leila Aparecida, que é coordenadora de Formação, há várias formas de atuação, como reforço do que está sendo ensinado na sala de aula, ajustamento de políticas educacionais e até mesmo articulações pedagógicas da gestão.​


Na primeira etapa da formação, que segue até o dia 28, participam profissionais de 36 escolas, sendo 25 de Cuiabá e Várzea Grande e 11 de Poconé. A intenção da organização do evento, aom dividir a formação em etapas foi dar mais qualidade ao que vai ser ensinado. Leila estima que até agosto, quando se encerra a quinta etapa, 1.500 profissionais da baixada cuiabana estarão capacitados.

O secretário adjunto de Política Educacional da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Edinaldo Gomes de Sousa, participou da abertura do evento e afirmou acreditar no trabalho do Cefapro, que tem um papel muito importante na formação continuada dos professores.

“No que diz respeito ao Ideb, temos que avançar na proficiência no Ensino Fundamental e no Médio, as questões de fluxo e reprovação. Temos um desafio muito grande. Vamos continuar lutando por uma educação de qualidade científica, humana e social”.

Educação Especial

O evento conta com a participação do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (Casies). Segundo Ezemar, a parceria se deve à necessidade de as escolas atenderem alunos com quaisquer tipo de deficiência.

“A expectativa é grande, já que há uma necessidade muito grande de debater, educar e tirar todas as dúvidas sobre o tema”, explicou.


Segundo a diretora do Casies, Valdite Heinzen, o Centro já trabalha formação em algumas escolas de Cuiabá e do interior. “Nossas formações são subsidiadas para educação inclusiva, e muitos não sabem como fazer isso. Nós estamos aqui para isso”, informou.​

Veja abaixo o calendário das formações:

26 a 28/06/2017

Subpolo 1: 25 escolas de Cuiabá e Várzea Grande e 11 escolas de Poconé, totalizando 36 escolas.

03 a 05/07/2017

Subpolo 2: 25 escolas de Cuiabá e Várzea Grande e 13 escolas de Santo Antônio de Leverger, totalizando 38 escolas

07 a 09/08/2017

Subpolo 3: 25 escolas de Cuiabá, 6 escolas de Jangada e 4 escolas de Acorizal, totalizando 35 escolas.

14 a 16/08/2017

Subpolo 4: 22 escolas de Cuiabá, 4 escolas de Chapada dos Guimarães, 2 escolas de Nova Brasilândia e 1 escola de Planalto da Serra, totalizando 29 escolas

21 a 23/08/2017

Subpolo 5: 25 escolas de Cuiabá, 5 escolas de Barão de Melgaço e 7 escolas de Nossa Senhora do Livramento, totalizando 37 escolas.​



26/06/2017Melhoria-do-Ideb-é-tema-de-formação-para-professores-da-Baixada-Cuiabana
Seduc abre pré-inscrições para Mediotec no próximo dia 3


As pré-inscrições para os Cursos Técnicos do Mediotec serão abertas no próximo dia 3 de julho nas Assessorias Pedagógicas do estado de Mato Grosso. Ao todo, estão previstas 3.751 vagas, distribuídas em 38 cursos técnicos, ofertados em 52 municípios.

 

Podem se inscrever estudantes do 2º e 3º ano ensino médio da rede estadual de educação. Por serem oferecidos concomitantes ao ensino médio regular, os alunos devem sempre optar pelas turmas no contraturno ao seu período de estudo.

 

A oferta dos cursos foi baseada nas demandas o mercado de trabalho e renda, considerando as prospecções de crescimento econômico e social de cada uma das regiões de Mato Grosso.

 

Para realizar a pré-matrícula o estudante interessado deverá se dirigir à Assessoria Pedagógica do município em que reside, munido da ficha de intenção de inscrição – Pronatec/secitec.

 

Caso o número de pré-inscritos seja maior que a oferta de vagas, serão adotados critérios de desempate, como os grupos prioritários - alunos com deficiências, alunos com situação de vulnerabilidade e risco social e alunos beneficiários do programa bolsa família, bem como assiduidade escolar, distorção idade-série e meritocracia.

 

Municípios

 

Os cursos serão realizados em Alta Floresta; Barra do Garças; Porto Alegre do Norte; Ribeirão Cascalheira; General Carneiro; Canarana; Santa Terezinha; Vila Rica; São Félix do Araguaia; Luciara; Confresa; Araguaiana; Novo São Joaquim; Nova Xavantina; Cuiabá; Várzea Grande; Poconé; São José Do Rio Claro; Diamantino; Nossa Senhora do Livramento; Chapada dos Guimarães; Rosário Oeste; Nobres; Sorriso; Ipiranga do Norte; Lucas do Rio Verde; Nova Mutum; Jaciara; Paranatinga; Primavera do Leste; Alto Taquari; Dom Aquino; Itiquira; Campo verde; Guiratinga; Rondonópolis; Tesouro; Alto Garças; Alto Araguaia; Juína; Colíder; Cláudia; Guarantã do Norte; Peixoto de Azevedo; Sinop; Sapezal; Porto Esperidião; Campo Novo do Parecis; Nova Olímpia; Denise; Tangará da Serra; e Cáceres.

No Estado, o programa é realizado em parceria com o Governo Federal, Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec). 

Ficha de inscrição​

Lista de documentos​

Vagas e cursos

Polo – Diamantino

Polo - Barra do Garças

Polo – Sinop

Polo - Lucas do Rio Verde

Polo - Tangará da Serra

Polo - Rondonópolis

Polo - Cuiabá

​ 

26/06/2017MEDIOTEC-abre-pré-inscrições-3,7-mil-vagas-para-estudantes-no-dia-3-de-julho
Escolas de Chapada dos Guimarães recebem computadores e uniformes

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) fez nesta sexta-feira (23) a entrega de novos computadores para a Escola Estadual Rafael de Siqueira, no município de Chapada dos Guimarães (68 km de Cuiabá). Além dos computadores, a unidade também recebeu 500 uniformes escolares para distribuir aos alunos.

Nesta semana, o secretário de Estado Marco Marrafon já havia visitado a escola e anunciado as entregas.

"Nós estivemos aqui na quinta-feira e vimos a necessidade que a escola tinha, de equipamentos, bem como do complemento dos uniformes escolares, e é muito bom ver que, em menos de 24 horas, conseguimos cumprir este compromisso do secretário Marco Marrafon", afirmou Douglas Araújo, assessor especial da Seduc.


Conforme a coordenadora da escola, Laura Calil, os computadores chegaram em boa hora, pois a unidade conta com diversos projetos de informática sendo desenvolvidos pelos alunos. "Nós precisávamos de computadores tanto para o laboratório, quanto para os professores, agora vamos poder dar andamento aos projetos", afirmou.

A equipe da Seduc ainda realizou ainda uma visita à EE do Campo São José, localizada no distrito de Água Fria, a 50 quilômetros de Chapada, para realizar a entrega de uma remessa de mais 400 uniformes escolares.

De acordo com o diretor da unidade, Amarildo Silva, a escola atende mais alunos de diversas comunidades e utiliza o lucro da venda dos uniformes, que contam o valor simbólico de R$ 5, para investir nas salas anexas do colégio.


"Temos quatro salas anexas, sendo que a mais distante fica a 140 km daqui; então, esse recurso extra acaba sendo muito útil, tanto nas pequenas despesas com deslocamentos, como investimentos nas unidades", disse.

Durante as visitas, a equipe da Seduc ainda se reuniu com os vereadores Michele Weber e Thomas Jeferson e a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira, para debater parcerias com o município.

23/06/2017Escolas-de-Chapada-dos-Guimarães-recebem-computadores-e-uniformes
Seduc inicia diálogo para construção de CIEC em Chapada dos Guimarães

Os estudantes da cidade turística de Chapada dos Guimarães (64 km de Cuiabá) poderão ser contemplados com uma escola estadual modelo CIEC (Centro Integrado Escola Comunidade) nos próximos meses. Isso porque a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) iniciou nesta quinta-feira (22.06) o diálogo com a prefeitura local e com a comunidade escolar sobre a possibilidade da construção da nova unidade em uma área disponibilizada pela gestão municipal.

O secretário de Educação, Marco Marrafon, fez uma apresentação sobre os CIEC e as Escolas Plenas para profissionais da educação, alunos, pais e autoridades políticas na Escola Estadual Cel. Rafael de Siqueira, que poderá passar a atender em tempo integral.

Em sua fala, Marrafon destacou que a escola é uma comunidade viva e integrada e que, por isso, a ideia é discutir amplamente a proposta com toda a população. “Vamos construir juntos com a comunidade o processo de implantação de uma Escola Plena, dimensionamento da rede, além de integração, inclusão e desenvolvimento”, reforçou.

Atualmente, Mato Grosso conta com 14 Escolas Plenas com Ensino Médio em tempo integral e orçamento para a construção de 15 CIEC. A ideia é que a EE Cel. Rafael de Siqueira seja contemplada com ambos os projetos. “As Plenas não são apenas escolas de período integral, mas também uma mudança de pensamento, de formato metodológico de ensino. Hoje trouxemos uma ideia que é um livro aberto para que possamos escrever os próximos passos em conjunto”, acrescentou.

O diretor da unidade escolar, Rosan Chaves, elogiou a proposta da Seduc e reforçou a importância da escola para a comunidade de Chapada dos Guimarães. “Como cidadão, me sinto privilegiado por essa iniciativa, pois trata-se de um projeto lindo. Como gestor, tenho que pensar também que temos esse espaço para gerir, uma vez que a escola vem promovendo uma forma diferenciada de ensino”, observou.

A EE Cel. Rafael de Siqueira foi construída na década de 1970 e conta com mais de 800 alunos matriculados no Ensino Médio, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e ensino técnico profissionalizante.

Após a apresentação de Marrafon, a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira, levou o secretário para conhecer o terreno de 23 mil metros quadrados, localizado no bairro Santa Cruz, à beira do Parque Municipal da Quineira. “Nós já disponibilizamos esta área, que é pública, e agora vamos dar continuidade à discussão com a participação de todos. Uma audiência pública deverá ser marcada em breve pela Câmara dos Vereadores para debatermos junto com a população essa grande iniciativa do Governo do Estado”, avaliou.

O secretário adjunto de esportes e lazer, Leonardo de Oliveira, também participou do evento.

CIEC

O CIEC foi pensado para tornar o ambiente escolar mais saudável e convidativo à busca pelo conhecimento. São unidades escolares desenvolvidas com o conceito de sustentabilidade e aproveitamento total das áreas e espaços comuns, de forma a facilitar, otimizar e reforçar a utilização dos ambientes escolares pela comunidade, promovendo a integração e criando a sensação de pertencimento.

As unidades desse modelo contarão com 18 salas de aula, com capacidade para atender até 540 estudantes por turno; infraestrutura inteligente, que privilegiará a economia de água e energia, por meio de sistemas de reutilização de águas pluviais, placas solares e iluminação de LED.

Além disso, a escola possuirá salas com o pé direito alto e sistema de climatização, laboratórios de informática, biblioteca, quadra poliesportiva e internet wi-fi, entre outros benefícios. Este modelo foi pensado para reestruturar o ambiente escolar, gerando impactos positivos na qualidade da aprendizagem.

O conceito de escola CIEC deve fomentar o convívio social, espaços de convivência multifuncionais e lúdicos, inovações no layout e no mobiliário, espaços que estimulam e potencializem a qualidade do ensino, refeitórios integrados, biblioteca interativa, integração dos espaços internos e externos, ambiente escolar motivados e agradáveis.

A finalidade é criar um ambiente educativo integrado, que fomente o convívio social em regiões de vulnerabilidade onde os alunos e a comunidade escolar da região possam desfrutar de todos os espaços e ambientes escolares, integrando a sociedade, criando a sensação de pertencimento e valorização das partes interessadas de forma a desenvolver a região e as pessoas nela residentes, gerando impactos na qualidade de vida da sociedade e na qualidade do ensino-aprendizado dos alunos.

23/06/2017Seduc-inicia-diálogo-para-construção-de-CIEC-em-Chapada-dos-Guimarães
Seduc oferece cursinho para servidores que desejam participar do Enem

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) abriu, nesta quinta-feira (22.06), a inscrição para os servidores que desejam realizar o cursinho preparatório para participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) ou provas vestibulares.

As inscrições se estendem até o próximo dia 30 de junho e por ser realizadas por meio do link no site da Seduc. O início das aulas está previsto para o dia 8 de julho.

Conforme a Secretaria Adjunta de Políticas de Pessoal, tanto os servidores lotados na Seduc, quanto os seus dependentes, poderão participar do curso preparatório que será realizado na modalidade "intensivão". As aulas serão ministradas aos sábados, das 13h às 17h30, sempre duas disciplinas por dia, no auditório da Secretaria.

De acordo com o secretário-adjunto Édiulen de Jesus, a iniciativa faz parte do programa de qualidade de vida para os servidores da Seduc. "Nós estamos criando um dos maiores programas de qualidade de vida da história da Secretaria. Sambemos que, quanto mais motivados e capacitados os nossos amigos e trabalhadores estiverem, mais rapidamente atingiremos os resultados que almejamos para a educação mato-grossense".

Pró-Escolas

O programa de qualidade de vida também faz parte do Pró-Escolas, lançado em março deste ano e que prevê investimentos e ações nas mais diversas áreas da educação em Mato Grosso.

Além do intensivão para o Enem, o programa prevê aulas laborais, oficinas, carteirinha funcional e um clube de empresas amigas da educação, para que educadores possam receber descontos no comércio local. ​

23/06/2017Seduc-oferece-cursinho-preparatório-para-servidores-que-desejam-participar-do-Enem
Estudante de Pontes e Lacerda representa o país em competição na França

Aos 17 anos, Lázaro Júlio da Silva é uma das promessas do atletismo mato-grossense. Ele, que é aluno do 2º ano noturno da Escola Estadual 14 de Fevereiro, em Pontes e Lacerda (442 km de Cuiabá), embarcou rumo à cidade de Nancy, leste da França, para disputar o Mundial Escolar de Atletismo.

O jovem integra a delegação brasileira, que vai competir entre os dias 24 e 30 deste mês.

Lázaro foi destaque nas competições estadual e nacional, de onde voltou com duas medalhas de ouro, conquistadas no salto em distância e no salto triplo, além de um bronze no revezamento medley. Ele também foi responsável em bater dois recordes brasileiros nas duas provas em que conquistou as medalhas de ouro.

De acordo com a diretora da escola, Andréia Guimarães, o aluno é conhecido por sua postura e disciplina dentro e fora da sala de aula.

“Ele é um bom aluno, participativo. Assim como nos demais atletas que temos aqui na escola, ele também possui disciplina, o que o ajuda muito nos estudos. É uma postura de comprometimento, um diferencial desses estudantes que buscam um futuro no esporte”, disse.

A torcida para que Lázaro volte com um bom resultado é grande não só na escola, como na cidade. “Por aqui, sempre estamos torcendo e incentivando, até mesmo com apoio financeiro para ajudar a custear as viagens das competições”, lembrou Andréia.

Para o mundial, a delegação brasileira conta com 24 atletas de todas as regiões do país, que vão disputar o mundial em duas categorias: Escola e Seleção nos dois gêneros. A competição contará com a participação de 32 países. 


23/06/2017Estudante-de-Pontes-e-Lacerda-representa-o-país-em-competição-na-França
Prazo de inscrição para Prêmio Educador Nota 10 é prorrogado

As inscrições para a 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10 foram prorrogadas até dia 25 de junho. Podem se inscrever professores, coordenadores pedagógicos e gestores da Educação Infantil, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental (incluindo Educação de Jovens e Adultos – EJA), e também do Ensino Médio, do 1º ao 3º ano. Desde a criação do Prêmio, em 1998, já foram inscritos mais de 56 mil projetos.

Criada para valorizar e disseminar boas práticas na área de Educação pelo Brasil, a iniciativa premia ideias simples e corajosas que mostram a importância da aprendizagem de crianças e jovens, e a tarefa de mantê-los numa boa escola, trabalho indispensável para a transformação deste país numa nação melhor e mais justa.

Os trabalhos inscritos devem ter sido realizados no ano letivo de 2016 ou terminar até o final do primeiro semestre de 2017. Todos eles precisam ser comprovados, caso seja solicitado.

Uma comissão indicada pela organização do Prêmio selecionará 50 projetos finalistas, dentre os quais serão escolhidos os 10 vencedores de 2017.

Os 50 finalistas ganharão uma assinatura anual do site Nova Escola Clube, com acesso às revistas Nova Escola e Gestão Escolar digitais. Já os 10 vencedores receberão R$ 15 mil, cada um, e um vale-presente de R$ 1 mil para a escola onde o projeto foi aplicado.

O Educador do Ano será premiado com mais R$ 15 mil e um vale-presente de R$ 5 mil para a escola onde trabalha.

Realizadores

A premiação é uma iniciativa do Grupo Abril, em parceria com a Globo, organização da Fundação Victor Civita e da Fundação Roberto Marinho, com apoio da Associação Nova Escola e patrocínio da Fundação Lemann, Somos Educação e Faber Castell.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.educadornota10.org.br.


22/06/2017Prazo-de-inscrição-para-Prêmio-Educador-Nota-10-é-prorrogado
Seduc inicia jornada formativa sobre dislexia

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) lançou nesta quarta-feira (21.06) a jornada formativa sobre dislexia para os profissionais da rede estadual de educação. Participaram da formação coordenadores pedagógicos e gestores de escolas estaduais da região metropolitana de Cuiabá, além de professores formadores dos Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapros).

Várias atividades foram realizadas, incluindo, entre outras, palestras da presidente da Associação Dislexia MT, Gabrielle Coury, e da psicóloga Carla Simone Ferreira Franco, mãe de um rapaz disléxico – que dedicou muita atenção para que o filho não desistisse dos estudos e, felizmente, contou com o apoio dos educadores. Atualmente, ele é estudante universitário.​

De acordo com o secretário adjunto de Política Educacional da Seduc, Edinaldo Gomes de Sousa, o evento marcou o início de uma extensa programação para discutir a dislexia – um transtorno no cérebro que faz com que o processamento de letras e sons seja feito de forma diferente.

“A partir do 2º Simpósio sobre Dislexia, promovido pela Assembleia Legislativa, nós assumimos um compromisso de dar continuidade ao debate sobre o tema em nossa rede”, afirmou.

Edinaldo destaca ainda que a formação é importante, já que é na escola que o transtorno de aprendizagem, de fato, aparece. “Não cabe ao professor fazer diagnóstico, porém, é preciso que ele consiga identificar sinais no estudante, para que ele seja encaminhado a equipes multidisciplinares preparadas para fazer essa avaliação”.

A Seduc irá levar a ação para os 15 polos dos Cefapros e escolas da rede também no interior do estado, nos próximos meses.



22/06/2017Seduc-inicia-jornada-formativa-sobre-dislexia
Professores da área de linguagens passam por formação em Cuiabá

Professores de Língua Portuguesa das Escolas Plenas de Mato Grosso participaram de uma formação da Língua Portuguesa e Produção Textual, com o objetivo de ampliar as habilidades dos estudantes nessas disciplinas. A ação foi realizada pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), em parceria com o Instituto de Qualidade no Ensino (IQE).

De acordo com o formador Bruno Miranda, do IQE, o encontro teve como objetivo fazer uma análise pedagógica dos resultados obtidos nas avaliações diagnósticas em leitura e produção de textos, aplicadas nas escolas de Mato Grosso pela Seduc.

"As avaliações tiveram foco nas habilidades que apresentaram baixo índice de domínio por parte dos alunos, a fim de subsidiar tanto a equipe da Seduc, como professores, a planejar ações para o apoio à aprendizagem, no segundo semestre", disse Miranda.

O encontro serviu ainda para a troca de experiências, no qual professores relatam e propõem estratégias para superar a dificuldade dos alunos. Da Escola Plena Antônio Epaminondas, de Cuiabá, participaram o coordenador da área de Linguagens, Jackson Regis, e as professoras Priscila Freitas e Thaiz Regenold.

Para Jackson, a formação ajudou a repensar a prática pedagógica. "Além disso, criar uma força-tarefa, para que o aprendizado dos nossos alunos seja mais significativo. Aprendemos um pouco mais sobre as sequências didáticas, que, com certeza, irá nos ajudar na melhoria do resultado dos alunos", finalizou. 

22/06/2017Professores-da-área-de-linguagens-passam-por-formação-em-Cuiabá
Professores da rede estadual participam do projeto “O que queremos para o mundo?”


Professores da rede estadual participaram de uma palestra do projeto "O que queremos para o mundo?", que visa à conscientização de estudantes do Ensino Fundamental para as práticas responsáveis de cidadania e pelo cuidado com o mundo, usando a linguagem audiovisual dentro das realidades educacionais.

Cerca de 30 professores participaram do primeiro contato com o projeto. A palestra, ministrada por Vitor Drummond, teve o intuito de sensibilizar os educadores para as novas práticas que serão inseridas em suas rotinas pedagógicas a partir do segundo semestre do ano letivo.

"O nosso projeto usa recursos audiovisuais voltados para a educação. Aqui em Cuiabá começamos com uma palestra para sensibilizar os educadores que vão passar por uma formação em agosto. Somente depois eles vão usar as ferramentas nas aulas e nas realidades educacionais em que vivem", destacou.

Segundo Vitor, os professores vão ganhar um kit de co-criação composto por um manual completo para a realização de dinâmicas e oficinas para crianças de 11 e 12 anos, que possui jogos de tabuleiro, acesso ao filme que originou o projeto e outros.

Em Mato Grosso, o projeto está sendo desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), em parceria com a Energisa.

O professor de Educação Física da Escola Estadual Maria Hermínia, no bairro Morada da Serra, em Cuiabá, Eliel Machado, contou que foi gratificante o primeiro contato com o projeto e que espera os próximos passos.

"Gostei muito da proposta, é diferente e dinâmica. Quero entender ainda como podemos aplicar as ações junto aos alunos da Educação Especial, por exemplo", lembrou o professor.

21/06/2017Professores-da-rede-estadual-participam-do-projeto-“O-que-queremos-para-o-mundo”
Mais de 84 mil estudantes da rede estadual participam da Prova Brasil

A expectativa da rede estadual de Educação de Mato Grosso é que 84 mil estudantes sejam avaliados na Prova Brasil 2017. Promovida pelo Ministério da Educação (MEC), a prova será aplicada entre os dias 23 de outubro e 03 de novembro, com o objetivo de avaliar o conhecimento dos alunos nas disciplinas de matemática e língua portuguesa.

De acordo com a secretária-ajunta de Gestão Educacional e Inovação da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Marioneide Kliemaschewsk, até o ano de 2015 a Prova Brasil era aplicada de forma censitária, ou seja, para os estudantes somente nos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. Em 2017, será também censitária para os estudantes do 3º ano do Ensino Médio.

“Como histórico, tivemos no SAEB 2015-MT, 86.055 estudantes mato-grossenses participando, sendo 41.144 do 5º ano do Ensino Fundamental e 40.790 do 9º ano do Ensino Fundamental e apenas 3.260 estudantes do Ensino Médio, visto que essa etapa era por amostragem”, destaca.

Marioneide informa que a Prova Brasil faz um diagnóstico em larga escala e é desenvolvida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao MEC.

“O objetivo é avaliar a qualidade do ensino brasileiro a partir de testes padronizados e questionário socioeconômico. O resultado desta proficiência, somado às taxas de evasão e retenção, compõe o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, ressalta a secretária, destacando que pela primeira vez a prova vai englobar os alunos do Ensino Médio da rede privada.

Com a mudança, o Inep estima que 2,4 milhões de estudantes de todo o país, do 3º ano do Ensino Médio, tanto de escolas públicas quanto privadas, participem da Prova Brasil. No total, o Governo Federal prevê que cerca de 7,5 milhões de estudantes façam as provas.

Participantes

Participam da avaliação em 2017: - escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham 10 ou mais alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do Ensino Fundamental;

- escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos 10 alunos matriculados em cada uma das etapas de 3ª ou 4ª série do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio;

- uma amostra de escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos 10 alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do Ensino Fundamental e de 3ª ou 4ª séries do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio, distribuídas nas 27 unidades da Federação;

- mediante adesão, escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos 10 alunos matriculados na 3ª série ou na 4ª série do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio.

Particulares

As escolas particulares que aderirem ao sistema terão de pagar pelos custos de aplicação das provas. O valor fixado é de R$ 400 para escolas que tenham entre 10 e 50 alunos matriculados em turmas de 3ª ou 4ª série de Ensino Médio, R$ 2 mil para as que tiverem entre 51 e 99 alunos; e R$ 4 mil para as que tiverem a partir de 100 alunos matriculados.

Apenas ficará isenta da taxa a escola privada de Ensino Médio que for sorteada para participar da amostra.

Todas as informações referentes à data e as novas diretrizes do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) 2017 encontram-se publicadas no Diário Oficial da União do dia 25 de maio de 2017 – Veja aqui.​

21/06/2017Mais-de-84-mil-estudantes-da-rede-estadual-participam-da-Prova-Brasil
Programa leva qualidade de vida a 40 mil servidores da Seduc

​​

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) lançou nesta terça-feira (20.06) um programa para gerar mais qualidade de vida para os cerca de 40 mil servidores da educação em Mato Grosso. Com o apoio de instituições públicas e privadas, o programa ofertará academias, aulas laborais, oficinas, carteirinha funcional e um clube de empresas amigas da educação, que prevê descontos no comércio para os educadores de todo do Estado.

O lançamento do programa foi realizado durante o “dia D” da qualidade de vida para os servidores da Capital. O evento contou com uma série de ações para os trabalhadores, como consultas, massagens, além de orientações sobre carreira e direitos trabalhistas.

Para o secretário de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, o lançamento do programa representa uma grande conquista para os mais de 40 mil servidores da educação estadual. Conforme o secretário, ao longo de um pouco mais de um ano à frente da Seduc, ele pode conviver e ver a realidade dos profissionais da educação e isso fez com que o programa tenha um significado ainda mais especial.

De acordo com o secretário, o bem-estar dos servidores é peça fundamental na grande missão da Seduc, que é levar uma educação de qualidade a crianças, jovens e adolescentes mato-grossenses, literalmente salvando vidas em todos os cantos do estado.

“A cada dia eu conheço mais a rede de servidores e de profissionais de educação e me apaixono por todos vocês; o que estamos iniciando aqui só um pouquinho do que vocês merecem. Com vocês nós construiremos uma educação de qualidade, um mundo melhor e salvaremos vidas dessas crianças que tanto precisam da gente. Com vocês, nós iremos além, nós teremos alimentação escolar de qualidade, com vocês nós teremos escolas integrais, com vocês nós faremos coisas muito simples, mas que farão grande diferença lá na ponta, mostrando que nós podemos trabalhar com economia e eficiência”, afirmou o secretário, aos servidores da sede da Seduc.

O evento contou com uma apresentação do coral de servidores da Seduc, uma apresentação sobre a saúde vocal e uma mini-aula de dança para os servidores. No pátio da Seduc foram montados estandes para diversos atendimentos, como medição de glicose, pressão arterial, testes de biopedância, massagem, oficina para maquiagens além da possibilidade de servidores aderirem a alguns serviços do recém lançado Amigos da Educação.

“Os nossos servidores são prioridade número um; somente conseguiremos criar uma educação de qualidade se eles tiverem um ambiente de trabalho onde valha a pena trabalhar e se desenvolver”, afirmou o secretário adjunto de Políticas de Pessoal da Educação, Édiulen Jesus de Arruda Leite.

 

Édiulen explicou que a Seduc irá realizar o Dia D pela qualidade de vida em todos os todos os polos do Estado, já a partir dos próximos dias. Ele afirmou que a Secretaria destinou um veículo exclusivo para que o setor possa realizar o acompanhamento dos servidores.

“A qualidade de vida passa também pelos trabalhadores que se encontram afastados por problemas médicos; por isto, nós iremos visitar todos estes servidores para acompanhar e ajudar na recuperação destes profissionais. A equipe contará com psicólogos e assistentes sociais para dar a devida assistência a estes trabalhadores”, afirmou.

Nos próximos 60 dias, os trabalhadores da Seduc de Cuiabá terão acesso a uma academia, o processo de aquisição dos equipamentos já está em curso. A unidade central também receberá uma academia e diversas aulas de ioga, de técnica vocal e funcionais, entre outras atividades físicas.

O auditório também será utilizado como espaço de convivência, para os horários de intervalo e de almoço dos trabalhadores. “Nós estamos disponibilizando uma conexão wi-fi exclusiva, para que o local fique mais aconchegante e agradável aos nossos amigos servidores”, disse.

 

Amigos da Educação

A Seduc também criou o “Amigos da Educação”, uma rede de serviços com uma série de parcerias com empresários da Capital e do interior para que os educadores possam receber descontos no comércio e em serviços.

Por meio das carteiras funcionais e crachás, outro projeto retomado pela administração permitirá aos educadores terem direito a meia-entrada a shows, cinemas, teatros e atividades culturais, além de acesso ao clube de serviços, com a rede de descontos. “Essa iniciativa já é realizada em diversos estados e para as empresas aderirem é muito simples; elas apenas irão precisar entrar no site e realizar a adesão à rede, que será vantajosa para todos os lados”, disse Édiulen.

A servidora Alenir Murado, que há nove anos trabalha na secretaria, elogiou a iniciativa. “É simplesmente maravilhoso, dias como este fazem com que reafirmemos a nossa vontade de trabalhar”, afirmou a trabalhadora, que rapidamente entrou na fila para massagens.

Após medir sua glicose, Priscila Marinho, há dois anos na Seduc, contou que ficou impressionada com os atendimentos e disse que o programa vem em boa hora. “Muitas vezes não conseguimos ter acesso a esses atendimentos. É muito bom saber que estão cuidando de nós. Já tinha visto projetos semelhantes nas Caravanas, agora é legal saber que coisas assim também estão sendo feitas no nosso ambiente de trabalho”, afirmou.

 

Pró-Escolas

O programa de qualidade de vida também faz parte do Pró-Escolas, lançado em março deste ano e que prevê investimentos e ações nas mais diversas áreas da educação em Mato Grosso.

“Este será o maior programa de qualidade de vida da história da Seduc e faz parte do maior programa de investimentos da história da Secretaria. Sabemos da importância que todos os 40 mil profissionais têm para o desenvolvimento da Educação, pois a transformação que o Estado precisa passa, primordialmente, por eles, daí o nosso empenho neste programa”, concluiu o secretário-adjunto.

21/06/2017Programa-leva-qualidade-de-vida-a-40-mil-servidores-da-Seduc
Governador fala sobre história mato-grossense a alunos de Tangará da Serra

O governador Pedro Taques recebeu em seu gabinete, na tarde de terça-feira (20.06), a visita de alunos e professores da Escola Estadual Jada Torres, de Tangará da Serra (240 km de Cuiabá). No encontro, o governador falou sobre a história e a política de Mato Grosso, bem como dos desafios e dos avanços de sua gestão.

Na sede do Poder Executivo, os alunos tiveram uma breve aula sobre os principais pontos da história de Mato Grosso, bem como sobre a função dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário). Em seguida, participaram de uma dinâmica do “Projeto Transformadores”, que incentiva os jovens a criarem alternativas para o desenvolvimento e crescimento de suas comunidades.

Pela primeira vez em Cuiabá, Ane Kauane, de 11 anos, contou que estava adorando o passeio e que ficou encantada com as obras de arte expostas dentro do palácio.

“Gostei de tudo até agora. Especialmente das obras de arte, elas retratam bastante a diversidade dos povos dentro do Estado, que acabam se tornando um diferencial e importante para construir a nossa identidade”, disse.

No gabinete, Ludimilla Santos Sanabria, do 6º Ano, sentou próxima ao governador e fez alguns questionamentos sobre a história de Mato Grosso e sobre a função do Governo.

“Queria saber por que todo Estado precisa ter uma capital”, foi um dos questionamentos. Taques explicou que é na capital que estão concentrados todos os organismos que gerem a administração do Estado e que isso “facilita as ações de trabalho”, inclusive para os demais municípios.

A visita terminou com um tour pelo gabinete do governador, que se despediu dos estudantes e retomou sua agenda do dia.

Emoções

A visita a Cuiabá faz parte do Projeto Despertando Emoções, que vem sendo desenvolvido dentro da escola desde o início do ano letivo. Alunos do 6º ao 9º Ano, acompanhados de oito educadores, chegaram cedo na cidade e foram direto para a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde visitaram o zoológico.​

“O objetivo do nosso projeto é despertar a emoção dos nossos alunos para os assuntos voltados à educação. Fazer com que eles se sintam incluídos e parte da história de Mato Grosso, que está sendo construída”, disse o diretor da escola, Magno Alves dos Santos.

Os alunos visitaram ainda a Escola Estadual Gov. José Fragelli, a Arena da Educação, e só depois retornaram a Tangará da Serra. 



21/06/2017Governador-fala-sobre-história-mato-grossense-a-alunos-de-Tangará-da-Serra
1 - 20Próxima